Notícias

Táxi tem novas tarifas a partir deste sábado, 2 de abril

Valores foram ajustados após sete anos, abaixo da inflação acumulada no período. Até que taxímetros sejam aferidos, taxistas vão usar tabela de conversão

De Secretaria Especial de Comunicação

A partir deste sábado, 2 de abril, entram em vigor os novos valores da tarifa de táxi na cidade de São Paulo. Durante o período de transição para aferição dos taxímetros, os taxistas vão utilizar tabela de conversão para cobrar novos valores.

Para taxistas das categorias Comum, Preto e Especial a bandeirada (valor inicial da corrida), passa de R$ 4,50 para R$ 5,50; a tarifa quilométrica (valor por quilômetro rodado) passa de R$ 2,75 para R$ 4; e a tarifa horária (quando o carro fica parado ou circula a menos de 15 km por hora) passa de R$ 33 para R$ 49. A bandeira tarifária dos táxis das categorias Comum, Comum-Rádio, Preto e Especial não era reajustada desde janeiro de 2015, portanto há mais de sete anos. Nesse período, a inflação acumulada, medida pelo IPCA, foi de 53,09%. Os novos valores fixados, portanto, estão abaixo da inflação acumulada no período. Atualmente há 36.738 táxis ativos credenciados na cidade de São Paulo.

Táxi Luxo
Para a categoria de Táxi Luxo, a bandeirada passa de R$ 6,75 para R$ 8,25; a tarifa quilométrica passa de R$ 4,15 para R$ 6; e a tarifa horária passa de R$ 49,50 para R$ 73,50.

Bandeira 2 segue com mesmo percentual
Fica mantido o percentual de 30% da Bandeira 2, que é acionada das 20h às 6h da manhã de segunda a sábado e domingo o dia todo. Essa regra vale para todas as categorias.

Tabela de conversão
É importante informar aos usuários que, toda vez que os táxis têm nova tarifa fixada na cidade é preciso aferir novamente os taxímetros dos quase 37 mil taxistas de São Paulo. Esse serviço é feito pelo Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem). Enquanto os taxímetros não são adequados à nova tarifa, os taxistas têm, obrigatoriamente, de prestar o serviço dispondo de duas tabelas de conversão no interior do veículo, das quais uma fica com o motorista e a outra deve estar afixada no vidro do banco traseiro para que o passageiro possa conferir o valor a ser cobrado a qualquer momento.

Tarifas

Táxi comum/ Rádio/ Táxi Preto/ Especial

 

Bandeirada

Tarifa
Quilométrica

Tarifa
Horária

Valor antigo

R$4,50

R$2,75

R$33

Novo valor (a partir de 02/04/22)

R$5,50

R$4

R$49

Táxi Luxo

 

Bandeirada

Tarifa
Quilométrica

Tarifa
Horária

Valor antigo

R$6,75

R$4,15

R$49,50

Novo valor (a partir de 02/04/22)

R$8,25

R$6

R$73,50

 

Tarifa pré-fixada

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Executiva de Transporte e Mobilidade Urbana (SETRAM) e do Departamento de Transportes Públicos (DTP), publicou nesta sexta-feira (01) no Diário Oficial da Cidade, a Portaria SMT.SETRAM Nº 016, para atualização da tabela de cobrança de tarifa pré-fixada no serviço de táxi.

Esse sistema de cobrança é autorizado na cidade de São Paulo somente em pontos privativos de táxi de locais com alta demanda pelo serviço, como o Aeroporto de Congonhas, os terminais rodoviários do Tietê e da Barra Funda e o Anhembi. Trata-se de mais uma opção a ser oferecida ao passageiro e somente deve ser usado se ele concordar. Caso contrário, o motorista deverá utilizar apenas o taxímetro como forma de cobrança.

O seu funcionamento se dá da seguinte forma: o passageiro se dirige até a cabine do ponto de táxi e informa o seu local de destino. A distância em quilômetros é calculada por GPS ou via internet e o passageiro paga, antes de iniciar a corrida, o valor que consta na tabela de preços pré-fixada.

A tabela com os respectivos preços pré-fixados precisou ser atualizada em virtude dos novos valores da tarifa dos táxis, que entra em vigor a partir de 2 de abril de 2022. Essa tabela atualizada com os novos valores também passa a valer em 2 de abril e deve ser afixada em local visível nas cabines, no ponto privativo e nos veículos para consulta dos passageiros. Os motoristas que optarem pela tarifa pré-fixada também devem ter a tabela no veículo.

Exemplos:

Uma corrida de táxi comum do Aeroporto de Congonhas, na zona sul, até a região central, com uma distância de 12 quilômetros saía R$ 44 na Bandeira 1 de acordo com a tabela de valores pré-fixados antiga e, na tabela atualizada, passa a custar R$ 63.

Uma corrida de táxi comum da Rodoviária do Tietê, na zona norte, até a região central, com distância de 6 quilômetros custava R$ 26 na Bandeira 1 segundo a tabela antiga de valores pré-fixados e, na tabela atualizada, passa a custar R$ 37.

Saiba mais sobre as novas tarifas de táxi, clique aqui

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Saúde Pós Covid-19

Ver agenda completa