Notícias

Programa Recriar abre inscrições para empreendedores com foco na economia criativa

Vagas são voltadas para as áreas de gastronomia, artesanato, cultura, eventos e moda. Ao todo serão oferecidas 300 vagas para o programa de formação e qualificação técnica on-line

De Secretaria Especial de Comunicação

O Programa Recriar está com inscrições abertas para micro e pequenos empreendedores da cidade de São Paulo com foco na economia criativa. Ao todo serão oferecidas 300 vagas para o programa de formação e qualificação técnica on-line. Os interessados em participar podem se inscrever clicando aqui

Para os empreendedores na área de artesanato, as inscrições podem ser feitas até o dia 25 de maio; o segmento da cultura segue com inscrições até o dia 30 de junho; na área de eventos, a segunda turma tem inscrições até 17 de junho. Moda tem inscrições até 8 de julho e, em Gastronomia são duas turmas: para a primeira as inscrições estão abertas até o dia 10 de junho e para a segunda turma até o dia 15 de julho.

“A Prefeitura de São Paulo tem trabalhado constantemente para apoiar os setores que mais foram afetados pela pandemia do coronavírus. Por este motivo, unimos as forças com nossos parceiros para impulsionar o setor. A indústria criativa estimula a geração de renda, cria empregos e produz receitas de exportação, enquanto promove a diversidade cultural e o desenvolvimento social e humano. Nosso objetivo é fazer com que esses profissionais participem da retomada econômica da capital, promovendo um processo cada vez mais justo e inclusivo”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Recriar é um projeto de qualificação técnica, on-line, gratuito, para o desenvolvimento de habilidades empreendedoras e de inovação, com mentorias e propostas de aceleração de negócios, com foco na economia criativa das periferias da cidade de São Paulo. O programa é uma iniciativa da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), com realização da Prefeitura de São Paulo, por meio da Ade Sampa, agência ligada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Fundação Roberto Marinho.

“Pequenas e médias empresas integram um ecossistema muito importante para o desenvolvimento econômico da cidade de São Paulo. Programas como o Recriar desempenham um papel fundamental no fortalecimento desses negócios, pois oferecem um diferencial competitivo na carreira profissional e, ainda, auxiliam no desenvolvimento de habilidades pessoais, profissionais, técnicas e empreendedoras do setor da economia criativa”, pontua o presidente da Ade Sampa, Renan Vieira.

“A Fundação Roberto Marinho por meio da co.liga integra o Programa Recriar oferecendo cursos de qualificação e o apoio da rede de co.ligados que integra pessoas em formação, profissionais e empreendedores do campo criativo para troca de ideias, colaboração em projetos e conexão com oportunidades que se mantêm após as jornadas de formação", complementa Deca Farroco, Gerente de Produção da Fundação Roberto Marinho.

Programação 
A primeira fase do curso contará com uma formação on-line com os 300 selecionados, para ideação e validação do modelo de negócio, com capacitação e qualificação técnica com encontros síncronos (ao vivo com professores) e assíncrono, com certificação da co.liga e do Fábrica de Negócios.

O curso vai abordar comunicação digital para projetos culturais, com criação de estratégias e conteúdo, estudos de casos práticos, análise de ferramentas e avaliação de indicadores. Os empreendedores, ainda, serão orientados para a gestão, organização e produção de conteúdo para redes sociais, conceitos de Branding e Persona para definição de identidade de marcas, projetos na internet, relacionamento com o cliente e métricas de engajamento.

Na segunda fase, serão selecionados 80 projetos que comporão o catálogo virtual de negócios criativos da cidade de São Paulo. Destes 80, serão selecionados 40 projetos que apresentarão seus pitches e, desta etapa, 20 projetos participarão do programa de aceleração com mentorias on-line individuais e coletivas. Na etapa final, dez negócios dentre os 20 previamente selecionados serão divulgados por meio de videocases e live.

Todos os projetos que participaram da fase 1 de formação on-line poderão realizar o curso de empreendedorismo avançado, com foco na gestão de negócios criativos. Serão disponibilizados dois cursos, assíncronos/autoinstrucionais, com certificação. Os 60 projetos não selecionados para a próxima fase terão à sua disposição mentorias coletivas com cronograma disponibilizado posteriormente.

Mais detalhes sobre a capacitação e informações sobre os ciclos temáticos estão disponíveis no site da Ade Sampa e do Coliga.

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
Telefones: 3113-8835/ 3113-8831
E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Acervo de vídeos: https://shre.ink/YYP
Sala de imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br

Ações do documento