Notícias

Prefeitura iniciará obras de requalificação dos calçadões do Centro Histórico

Serão restauradas 23 vias do Triângulo Histórico, garantindo mais segurança, mobilidade e acessibilidade para a população

De Secretaria Especial de Comunicação

O Centro de São Paulo vai começar a passar por uma grande transformação. Nesta segunda-feira (21), a Prefeitura de São Paulo, por meio da SPObras, deu ordem de serviço para início das obras de requalificação dos calçadões do Triângulo Histórico, com o objetivo da valorizar a região e proporcionar mais segurança, mobilidade e acessibilidade para a população. As obras foram divididas em dois lotes, com 22 meses previstos para sua execução total. Serão requalificadas 23 ruas, com investimentos de R$ 63 milhões.

As intervenções consistem na reforma das calçadas e calçadões, aumentando sua resistência ao tráfego intenso; instalação de novo mobiliário urbano, proporcionando áreas de convivência adequadas; nova sinalização turística; nova iluminação funcional e cênica de edifícios históricos; reestruturação da infraestrutura subterrânea de drenagem; e implantação de valas técnicas para melhor ordenamento das redes de telecomunicações.

O novo calçamento de concreto proposto garantirá acessibilidade universal, promovendo melhorias de mobilidade às mais de 2 milhões de pessoas que circulam pela região diariamente, entre elas, aquelas com dificuldade de locomoção, como cadeirantes, pessoas com deficiência visual e idosos, por exemplo, minimizando o risco de quedas e acidentes.

As novas calçadas também serão mais resistentes, facilitando a rede de logística pesada que trafega pela região, como caminhões de limpeza urbana e carros-fortes. Elas representarão, também, mais economia e facilidade de manutenção das redes subterrâneas de drenagem e de galerias técnicas.

As atuais pedras portuguesas, que foram instaladas no local na década de 1970, não são tombadas e vão passar pela usina de britagem, podendo ser destinadas para outros fins na construção civil. O material resultante poderá, por exemplo, ser utilizado como sub-base de outros pisos.

O projeto foi aprovado por três órgãos de proteção do patrimônio histórico - IPHAN, CONDEPHAAT E CONPRESP - e as obras terão o acompanhamento de uma equipe de arqueologia durante todo o seu curso.

A iniciativa representa o resgate do valor histórico, cultural, arquitetônico e paisagístico do centro da cidade, incentivando suas várias formas de uso e reforçando sua identidade como polo de atração turística.

 

Ruas contempladas

O Centro Histórico paulistano conta com importantes pontos turísticos de valor histórico, artístico, arquitetônico, arqueológico e paisagístico. A área contém importantes centros culturais, bares, restaurantes, edifícios históricos, concentração de comércio especializado, além de diversos serviços públicos nas áreas de saúde, assistência social, cultura, entre outros.

Serão 62,2 mil m2 de calçadões requalificados, abrangendo 23 ruas.

Ruas perimetrais

1. Rua Líbero Badaró

2. Largo São Francisco

3. Rua Benjamim Constant

4. Praça da Sé

5. Pátio do Colégio

6. Rua Boa Vista

 

Ruas internas (Calçadão)

1. Praça Ouvidor Pacheco e Silva

2. Rua São Bento

3. Rua José Bonifácio

4. Rua Quintino Bocaiúva

5. Rua Senador Paulo Egídio

6. Rua Barão de Paranapiacaba

7. Rua Direita

8. Rua XV de Novembro

9. Praça Manoel da Nóbrega

10. Rua Álvares Penteado

11. Rua Miguel Couto

12. Rua da Quitanda

13. Rua Anchieta

14. Rua do Tesouro

15. Rua do Comércio

16. Largo da Misericórdia

17. Rua São João

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
Telefones: 3113-8835/ 3113-8831
E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Acervo de vídeos
Sala de imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Merenda Escolar Sustentável

Ver agenda completa