Notícia na íntegra

Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2024 | Horário: 15:47

Prefeitura inicia obras de recuperação do Viaduto Santa Ifigênia, que apresenta infiltração e fissuras

Intervenções na estrutura, utilizada apenas por pedestres, vão durar até agosto, e foram autorizadas pelos órgãos responsáveis pela proteção do patrimônio histórico

A Prefeitura de São Paulo iniciou nesta quarta-feira (7) a maior obra de recuperação e restauro já realizada no Viaduto Santa Ifigênia, no Centro, após constatar problemas de segurança, como fissuras, infiltrações e corrosão em estruturas metálicas. Com previsão de ser concluída em agosto, a obra está autorizada peloórgãos municipais de proteção ao patrimônio (Conpresp e DPH) e vai preservar as características originais do viaduto, como as tradicionais pastilhas, e recuperar elementos arquitetônicos descaracterizados. 

Uma das ações da obra, que tem investimento de R$ 6,5 milhões e faz parte do Programa de Manutenção das Pontes e Viadutos da Prefeitura, é a recuperação do revestimento do viaduto, com a reconstrução da laje e a recolocação das tradicionais pastilhas que compõem o piso. Hoje, elas estão degradadas, com fissuras visíveis e uma quantidade significativa de unidades em falta, comprometendo não apenas a estética, mas também a integridade do viaduto. Para preservar as características originais do viaduto, as pastilhas serão substituídas por outras idênticas às atuais. 

Será realizada também uma impermeabilização da laje, que apresenta infiltrações que causam danos estruturais e comprometem a segurança da via. Já a base será regularizada para garantir uma fundação sólida e duradoura. Essas medidas são essenciais para a segurança e a funcionalidade do viaduto a longo prazo. 

O laudo sobre as condições do Viaduto Santa Ifigênia aponta que a estrutura apresenta “anomalias, como armaduras corroídas, fissuras e infiltrações”, além de defeitos no sistema de drenagem, na vedação das juntas de movimentação, no pavimento rígido e passeios, e corrosão nos guarda-corpos metálicos e escada. 

Com 225 metros de extensão, o Viaduto Santa Ifigênia foi inaugurado em 26 de julho de 1913 e é um dos mais famosos cartões-postais da cidade, por ligar dois pontos históricos: Largo São Bento e a Igreja de Santa Ifigênia, e permitir a travessia sobre o Vale do Anhangabaú e a Avenida Prestes Maia.  

De estilo art nouveau, ele teve sua estrutura trazida da Bélgica e foi montado entre 1910 e 1913. Na época, sua função era melhorar o trânsito e a circulação de carros, carruagens e bondes, mas acabou sendo transformado em passagem exclusiva para pedestres nos anos 1970, após passar por uma reforma. 

collections
Galeria de imagens

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
E-mail:
  imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Sala de imprensa:  imprensa.prefeitura.sp.gov.br
Facebook I  Twitter I  Instagram I  TikTok I  YouTube I  Acervo de Vídeos I  LinkedIn