Notícias

Prefeitura entrega dois Centros de Atenção Psicossocial na Zona Sul da cidade

Com esses novos equipamentos, o munícipio passa a contar com 101 Caps, sendo 33 infantojuvenis e 34 adultos. O investimento mensal nas duas novas unidades será de cerca de R$ 1,2 milhão

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), entregou na manhã desta terça-feira (16) dois novos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), na Zona Sul da capital. Os Caps Infantojuvenil (IJ) III Jardim São Luiz e Adulto III São Luiz integram a Rede de Atenção à Saúde na cidade de São Paulo, que passa a contar com 101 unidades para a assistência em saúde mental. Ambas as unidades atenderão 24h, de segunda a domingo.

Segundo o prefeito Ricardo Nunes, o investimento mensal nas duas unidades será de R$ 1,2 milhão por mês. “É um investimento bastante alto. Seiscentos mil reais em cada uma das unidades por mês. Algo fundamental para podermos dar o atendimento a toda população”, afirmou.

Os novos equipamentos serão incorporados à Rede de Atenção Psicossocial do município, ofertando acolhimento e cuidado para pessoas com quadros graves e persistentes dentro de seus respectivos públicos-alvo.

O secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco, ressaltou que só nessa gestão foram inaugurados 18 Caps, com quatro sendo inaugurados nos últimos dois meses. “Com isso nós ampliamos o número de leitos nos Caps. Estamos com mais de 100 leitos”, disse. “Seguimos a regra da desospitalização para os pacientes psiquiátricos. Assim, o Caps dá uma retaguarda e o hospital fica com a urgência para tirar o paciente da crise e, em seguida, teremos condições de dar para esse paciente um Caps de referência para que ele possa ter um atendimento adequado”, completou o secretário.

O Caps IJ III Jardim São Luiz teve investimento total de R$ 97.951,56 e será gerenciado pela Organização Social de Saúde (OSS) Associação Comunitária Monte Azul. Ao todo, serão 49 colaboradores, incluindo médicos psiquiatras, neuropediatra, psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais. O prédio possui 16 salas, sendo dez leitos para acolhimento integral e capacidade para atender 210 pacientes por mês.

“O nosso trabalho tem que ser integrado. A integração com as nossas assistentes sociais que aqui estão, dos nossos Cras [Centros de Referência de Assistência Social], para que as pessoas possam de fato se sentirem acolhidas. Esse lugar é um lugar de quebra de preconceitos”, apontou o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Carlos Bezerra Júnior.

Administrado pela mesma OSS, o Caps Adulto III São Luiz teve um investimento total de R$ 249.291,92. A unidade possui 17 salas, sendo dez leitos para hospitalidade noturna e capacidade para atender 300 pacientes por mês. Serão 49 colaboradores, contando com médicos psiquiatras, assistentes sociais, psicólogos e enfermeiros.

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
Telefones: 3113-8835/ 3113-8831
E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Acervo de vídeos
Sala de imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br

Ações

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Operação comida na mesa