Notícias

População da capital aprova parques sob gestão da iniciativa privada, aponta pesquisa

Enquete foi realizada pela Prefeitura, por meio da SP Parcerias, abordando itens como zeladoria, segurança e sinalização de placas em seis parques da cidade

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da SP Parcerias, divulgou os resultados da pesquisa sobre a satisfação da população sobre a qualidade dos parques municipais após a concessão à iniciativa privada. O levantamento mostrou que 90% dos paulistanos entrevistados aprovam os serviços prestados nos parques e mais de 70% enxergam uma melhora nos serviços prestados, comparado ao período em que os parques eram administrados pela Prefeitura.

A pesquisa foi realizada em seis parques municipais: Ibirapuera, na Zona Sul; Tenente Brigadeiro Faria Lima, na região Norte; Eucaliptos, na Oeste; Jacintho Alberto e Jardim Felicidade, na Zona Noroeste; e Lajeado, na Leste. A avaliação teve como objetivo averiguar a percepção dos usuários quanto à qualidade dos serviços prestados nos espaços concedidos e estimar o impacto da intervenção.

Pelo levantamento, a concessão demonstrou aprovação de 90% dos serviços prestados desde quando os parques foram concedidos. Mais de 70% observaram melhorias comparando o período em que os locais eram administrados pela Prefeitura. Cerca de 90% do público que participou da enquete disse apoiar que outros espaços sejam administrados por parceiros privados, tendo como base o trabalho realizado nos parques compreendidos pelo primeiro lote de concessão.

A coleta de dados foi realizada de forma presencial, no período de 12 a 30 de maio. A pesquisa foi executada sempre em horários fixos, no período da manhã em pelo menos um dia da semana e um dia do fim de semana. Os resultados são representativos para um nível de confiança de 95%, com estatísticas variando dentro de uma margem de erro de 5%, para mais ou para menos.

Resultados

O levantamento foi feito com amostra representativa de usuários que responderam aos 1.100 questionários quantitativos sobre itens como zeladoria, segurança, comunicação e concessão. Quanto à zeladoria, 88% das pessoas abordadas consideraram que sanitários, áreas de esporte e recreação do Ibirapuera passaram a ter melhor conservação após a concessão e 89% dos entrevistados têm a mesma opinião sobre os demais parques. As áreas verdes, ambientes e equipamentos foram considerados em bom estado por 86% dos que responderam aos questionários. A taxa de aprovação a respeito do estado de conservação dos equipamentos nos demais espaços concedidos foi de 69%. Para 70% das pessoas abordadas, os ambientes e equipamentos melhoraram desde o início da concessão.

Já com relação à quantidade e diversidade de serviços de alimentação, como lanchonetes e restaurantes, foi aprovada por 71% dos usuários do Ibirapuera e 78% dos frequentadores dos demais parques. Sobre as áreas esportivas do Ibirapuera, 92% dos que responderam às perguntas afirmaram que a quantidade e diversidade das atividades melhorou e 68% elogiaram as práticas oferecidas nos outros espaços.

No item “Segurança”, cerca de 93% dos usuários do Ibirapuera demonstraram satisfação com a intensificação da segurança no local. A opinião é compartilhada por 92% dos frequentadores dos demais parques e, finalmente, as placas e painéis eletrônicos instalados nas áreas foram aprovadas por 74% dos frequentadores do Ibirapuera. Nas demais, 70% do público questionado aprovou a sinalização.

SP Parcerias

Trata-se de uma sociedade de economia mista, integrante da Administração Pública Indireta do Município de São Paulo, vinculada à Secretaria de Governo Municipal, criada para estruturar e desenvolver projetos de parcerias público-privadas que viabilizam a consecução do Plano Municipal de Desestatização e do Programa Municipal de Parcerias Público Privadas da cidade.

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
Telefones: 3113-8835/ 3113-8831
E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Acervo de vídeos: https://shre.ink/YYP
Sala de imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Educomunicação

Ver agenda completa