Notícia na íntegra

Segunda-feira, 20 de Novembro de 2023 | Horário: 14:50

Mais de 13 mil garrafas de água são distribuídas pela Prefeitura neste domingo (19)

As tendas da Operação Alta Temperaturas realizaram 13.031 atendimentos e distribuíram 49.647 itens

Mais de 16 mil garrafas de água foram distribuídas nas tendas da Operação Altas Temperaturas (OAT), neste domingo (19). Das 10h às 16h, foram realizados 13.031 atendimentos e distribuídos 49.647 itens, sendo 6.034 sucos, 14.238 frutas e 404 bonés, além das águas. As tendas disponibilizam, também, os bebedouros da Sabesp com livre uso de água, inclusive para pets, que ofertou 12.240 copos d’água. 

Mesmo com a temperatura não chegando aos 30ºC, a Prefeitura decidiu manter o atendimento como medida de segurança.

Desde o dia 10 de novembro até as 16h deste domingo (19), as dez tendas da Operação Altas Temperaturas (OAT) fizeram 227.154 atendimentos e distribuíram 531.828 itens, sendo 242.408 garrafas de água, 123.764 frutas e 58.729 sucos, além da oferta livre de água nos bebedouros, que disponibilizou 102.620 copos d’água, e de 3.903 bonés. 

A Operação Altas Temperaturas foi criada este ano, por determinação do prefeito Ricardo Nunes, para proteger dos efeitos das variações climáticas e do calor extremo as pessoas mais vulneráveis, como as que estão em situação de rua e idosos. A ação começou no dia 20 de setembro e será mantida até o dia 31 de março de 2024 sempre que a temperatura ou sensação térmica atingir 32° C ou mais, conforme análises do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE).  


Objetivos

As principais ações da Operação têm foco no reforço do convencimento das pessoas para procurarem a rede de acolhimento, onde poderão se abrigar do sol e receberão água e alimento; a instalação de dez tendas em pontos estratégicos, das 10h às 16h, onde as pessoas encontram cadeiras e ventiladores e podem se servir de água, frutas e bonés, além de espaço pet; reforço na compra de ventiladores em unidades de acolhimento; e disponibilização de uma ambulância referenciada para atendimento a casos de exposição ao calor.  

As tendas permanecem abertas para acolhimento de qualquer pessoa que queira um abrigo com temperatura amena para descansar e se hidratar.  

 

Endereços

As tendas para atendimento estão localizadas nos seguintes endereços:  

- Região Central - praça da República e praça Marechal Deodoro; 
- Região Sul – Santo Amaro (praça Floriano Peixoto, 54) e Capela do Socorro (praça José Boemer Roschel); 
- Região Norte - Santana (avenida Cruzeiro do Sul, 3.180) e Vila Maria (praça Novo Mundo); 
- Região Leste - Guaianases (praça Presidente Getúlio Vargas, s/n), Itaquera (avenida Musgo de Flor com avenida Imperador, embaixo do viaduto Jacu Pêssego) e Mooca (praça Cid José da Silva Campanella); 
- Região Oeste - Lapa (rua do Curtume, s/n – esquina com Guaicurus).  

No caso das tendas pet, os endereços são: 

- Região Central - Praça da República; 
- Região Sul – Santo Amaro (praça Floriano Peixoto, 54) e Capela do Socorro (praça José Boemer Roschel); 
- Região Norte - Santana (avenida Cruzeiro do Sul, 3.180); 
- Região Leste - Guaianases (praça Presidente Getúlio Vargas, s/n), Itaquera (avenida Musgo de Flor com avenida Imperador, embaixo do viaduto Jacu Pêssego) e Mooca (praça Cid José da Silva Campanella); 
- Região Oeste - Lapa (rua do Curtume, s/n – esquina com Guaicurus). 

 

Rede socioassistencial 

A capital possui a maior rede socioassistencial da América Latina, com cerca de 24 mil vagas de acolhimento para pessoas em situação de rua, distribuídas em Centros de Acolhida, hotéis sociais, Repúblicas para Adultos, Vilas Reencontro, serviços emergenciais da OBT, entre outros.  

O encaminhamento para os serviços de acolhimento da rede socioassistencial é feito de acordo com o perfil do indivíduo e com a tipologia do serviço, respeitando o histórico da pessoa ou família a ser acolhida.  

Atualmente há 14 Núcleos de Convivência para Adultos em Situação de Rua, com ou sem filhos, que totalizam 4.452 vagas, que oferecem água potável, banheiros com instalações sanitárias e chuveiros com disponibilidade para banho e higiene pessoal.  

Estes serviços disponibilizam, ainda, atendimento com atividades direcionadas e programadas para o desenvolvimento de sociabilidades, com foco na construção de vínculos interpessoais, familiares e comunitários em toda a capital, além de oferecer três refeições diárias, sendo café da manhã, almoço e lanche da tarde.  

Além da busca espontânea pelos núcleos, as pessoas que vivem em situação de rua também podem acessar o serviço por meio de encaminhamentos dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), Centros Pop; orientadores socioeducativos do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS) e outros serviços da rede socioassistencial.  

Os Núcleos de Convivência da rede são: Porto Seguro, que fica na Bela Vista; Dom Orione, Prates, Boracéa, Chá do Padre, Núcleo Sé, Casa Franciscana e Rodrigo Silva, localizados na Sé, na região central; Núcleo Pinheiros, na zona oeste; São Martinho de Lima, Centro Comunitário São Martinho e Casa Restaura-Me, situados na Mooca, zona Leste; e ABECAL, em Santo Amaro, na zona sul da cidade.   

 

collections
Galeria de imagens

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
E-mail:
  imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Sala de imprensa:  imprensa.prefeitura.sp.gov.br
Facebook I  Twitter I  Instagram I  TikTok I  YouTube I  Acervo de Vídeos I  LinkedIn