Notícias

CET registra mais de 1.800 casos de furto e vandalismo a semáforos em São Paulo no primeiro trimestre de 2022

O número representa, em média, 21 semáforos danificados por dia

De Secretaria Especial de Comunicação

Um levantamento feito pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) mostra que, no período de janeiro a março de 2022, foram registradas 1.849 ocorrências deste tipo de crime. O número representa, em média, 21 semáforos danificados por dia. Trata-se de um aumento de 91% em relação ao mesmo período de 2021, quando foram contabilizadas 968 ocorrências. No período de janeiro a março foram reinstalados 126 quilômetros de fiação elétrica nos equipamentos alvos de dano ao patrimônio. É a distância aproximada entre São Paulo e a cidade de Paraibuna no interior paulista.

A CET mantém equipes trabalhando 24 horas, incluindo finais de semana e feriados, para realizar os reparos e substituições necessárias nos equipamentos danificados.

O período de quarentena, com ruas mais vazias e menor fluxo de veículos em circulação, contribuiu para o aumento de furto de fios e atos de vandalismo nos equipamentos que controlam os semáforos em São Paulo.

O vandalismo de um controlador pode afetar o funcionamento de até cinco cruzamentos semaforizados numa mesma região. A área central da cidade costuma concentrar o maior número de falhas por furto ou vandalismo. Neste ano, entretanto, verifica-se um aumento significativo na zona Leste/Sudeste.

Vale ressaltar que a cidade de São Paulo tem o maior parque semafórico do País, com 6.665 cruzamentos e travessias semaforizadas. Em 2021 tivemos 283 ocorrências de furto/vandalismo em controlador, uma média de 23/mês. No período de janeiro a março de 2022, este número passou para 132 ocorrências, uma média de 44/mês.

Para minimizar o volume das ocorrências, a CET tem feito o alteamento e reforço nas portas dos controladores semafóricos, a concretagem e soldagem das tampas das caixas de passagem da fiação, bem como das janelas de inspeção das colunas semafóricas. Os danos causam prejuízos e, principalmente, colocam em risco a segurança dos pedestres e condutores.

A CET atua conjuntamente com a Secretaria de Segurança Pública, Polícias Civil e Militar e a GCM para a adoção de medidas que combatam esse tipo de crime tão nocivo à cidade. A população pode ajudar. Ao flagrar um ato criminoso, denuncie pelo 190 ou 156.

Vias na cidade, recordistas de furtos e vandalismo no período de janeiro a março 2022:

  • Avenida do Estado;

  • Estrada Do Imperador;

  • Avenida São Miguel;

  • Avenida Líder;

  • Avenida Doutor Assis Ribeiro;

  • Avenida Barão de Alagoas;

  • Estrada Turística do Jaraguá;

  • Rua Brigadeiro Tobias;

  • Rua São Caetano;

  • Avenida Ipiranga;

  • Avenida Brigadeiro Luís Antônio;

  • Avenida Presidente Tancredo Neves;

  • Avenida Jaime Torres;

Números de 2021:

Durante todo o ano de 2021, a CET registrou 5.237 ocorrências de furto e vandalismo de componentes de equipamentos de sinalização semafórica na cidade de São Paulo. Destaque para os controladores semafóricos, num total de 283 furtados e vandalizados e aproximadamente 391 km de cabos elétricos furtados.

Números de 2019 e 2020:

Durante todo o ano de 2020, a CET registrou 4.554 ocorrências de furto e vandalismo de componentes de equipamentos de sinalização semafórica na cidade de São Paulo, foram furtados aproximadamente 393 quilômetros de cabos elétricos. Em 2019, foram 1.969 ocorrências de furto e vandalismo, totalizando 185 quilômetros de cabos elétricos além de componentes eletrônicos de energia e controle.

 

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
Telefones:
 3113-8835/ 3113-8831
E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Sala de Imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Operação comida na mesa

Ver agenda completa