Notícias

Capital realiza cadastro para doses remanescentes da vacina contra a Covid-19

Acadêmicos e estudantes da área técnica em saúde, que realizam estágio, e pessoas com mais de 50 anos de idade, sem comorbidades, podem se candidatar para receber o imunizante

De Secretaria Especial de Comunicação

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo não despreza nenhuma dose viável de vacina. Para que isso aconteça de forma efetiva, as unidades de saúde mantêm listas de espera com o cadastro de usuários elegíveis para receber as doses remanescentes.

A ação acontece quando algumas doses sobram após a abertura dos frascos nos postos que estão realizando a vacinação para grupos elegíveis. Quando isso ocorre, próximo ao término das atividades do serviço de saúde, as doses remanescentes devem ser ofertadas a outros públicos, para que nenhuma dose viável de vacina seja descartada. Esse processo é feito por meio de uma lista de espera com nome e contato das pessoas interessadas.

Doses remanescentes

Na capital, os seguintes grupos podem se candidatar para receber uma dose remanescente da vacina:

Acadêmicos em saúde em estágio, independentemente do período de formação;

Estudantes de área técnica em saúde em estágio, independentemente do período de formação;

Pessoas com mais de 50 anos de idade, sem comorbidades.

O calendário de vacinação segue avançando na cidade de São Paulo e outros grupos de pessoas já foram incluídos nos públicos prioritários para receber o imunizante, sem necessidade de fila de espera. Para conferir todos os públicos elegíveis, acesse a página Vacina Sampa.

Como se candidatar

Quem integrar um dos grupos elegíveis para as doses remanescentes deve procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e se candidatar à primeira dose. A unidade deve manter listas de espera com os usuários, residentes da cidade de São Paulo, elegíveis em sua área de abrangência: moradores, estudantes e quem trabalha na região da unidade (necessário apresentar documentação com endereço) com telefones para convocação deste público.

Com isso, o serviço de saúde colocará o nome do munícipe e o telefone de contato em uma lista de espera. Para receber a dose, será necessário, ainda, mostrar um comprovante de residência do município de São Paulo. Caso o comprovante esteja no nome de outra pessoa, é preciso apresentar um comprovante de parentesco.

Cada unidade tem sua própria lista de espera. Dessa forma, é possível se candidatar em mais de um serviço de saúde do município. Contudo, a pessoa deve comparecer ao local o quanto antes, quando a equipe do posto de vacinação entrar em contato com a convocação para receber a primeira dose do imunizante. Por isso, é bom dar preferência para a unidade mais próxima de sua residência.

Diariamente, doses podem sobrar em uma Unidade Básica de Saúde. A Secretaria Municipal da Saúde também destaca que cada UBS tem uma estrutura distinta e segue sua própria administração. Em caso de dúvidas mais específicas, entre em contato com o posto presencialmente ou por telefone para obter esclarecimentos.

Para conferir a lista de endereços das Unidades Básicas de Saúde, acesse este link ou utilize a ferramenta Busca Saúde. 

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Incluir para proteger

Ver agenda completa