Notícias

Webinar: Prefeitura compartilha experiências com representantes de cidades do mundo que já passaram pelo processo de reabertura

Evento on-line abriu o debate sobre os aspectos da retomada da economia em São Paulo

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, realizou quarta-feira (10) um webinar para discutir e apresentar as ações da retomada econômica na cidade. O evento on-line abriu o debate sobre os aspectos de reabertura de estabelecimentos em São Paulo, desenvolvendo ideias de uma abertura gradual e segura na cidade.

A roda de conversa digital contou com a participação de Aline Cardoso, secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, e Luiz Álvaro Salles, secretário municipal de Relações Internacionais, além de representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) do Brasil e Europa e representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

A ação teve como objetivo debater a situação da pandemia na cidade e, a partir do intercâmbio e colaboração de representantes internacionais, discutir a retomada econômica e medidas de protocolo sanitário para a reabertura dos comércios. Mesmo em meio à crise, houve a participação de pessoas de todo o mundo, mostrando que São Paulo, a maior metrópole do país, continua sendo de interesse mundial.

”A troca de experiências com outras cidades do mundo é ótima para que possamos enxergar se as medidas que estamos tomando fazem sentido ou podem causar algum perigo para a população. Podemos aprender conhecendo o exemplo do outro”, declarou Aline Cardoso. “O mais interessante do webinar é perceber que, mesmo em meio a uma pandemia, a cidade de São Paulo continua sendo bem vista e referência para outras grandes metrópoles”, complementou.

Retomada econômica

A Prefeitura está liberando gradualmente a reabertura de diversos estabelecimentos visando a retomada econômica da capital. Já foram assinados os termos de compromisso de concessionárias e revendedoras de veículos; escritórios de prestação de serviços; comércio de rua e setor imobiliário. Os estabelecimentos que fazem parte deste grupo poderão reabrir seguindo os padrões estabelecidos pelos protocolos de funcionamento.

Na preparação para a reabertura, as empresas precisarão implementar medidas de segurança que podem incluir o fornecimento de máscaras, distanciamento social, modificações físicas no espaço de trabalho e regras de triagem e rastreamento.

Além de autorizar o funcionamento de acordo com o protocolo proposto pelas entidades, a Prefeitura irá orientar constantemente esses setores sobre informações sanitárias que auxiliem na execução do protocolo e como proceder em caso de confirmação da doença em colaboradores das empresas representadas.

Já as entidades deverão orientar e acompanhar os estabelecimentos que integram o seu setor econômico a cumprirem com o protocolo, enviando à Prefeitura relatórios das medidas adotadas e apoiando a administração municipal na supervisão e fiscalização das empresas.

Ações do documento