Notícias

Vacina contra a Influenza contribui para diagnóstico diferencial do coronavírus

Em entrevista ao podcast Aproveite São Paulo, coordenadora do programa municipal de imunizações reforça importância de se imunizar durante a quarentena

De Secretaria Especial de Comunicação
Começa nesta quinta-feira (16), a segunda fase da campanha de vacinação contra a gripe Influenza, que privilegiou a imunização de idosos e profissionais da saúde na primeira etapa. Quem faz parte desse grupo pode continuar se vacinando até 22 de maio. 
Agora, a campanha se estende aos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e povos indígenas. Veja calendário completo clicando aqui
Além de proteger contra a Influenza, a vacinação neste momento contribui também para aprimorar o diagnóstico correto da covid-19. "Quando essas pessoas vacinadas procurarem o sistema de saúde com problemas respiratórios, será mais fácil descartar a possibilidade de serem casos de Influenza", explica Adriana Peris, coordenadora do programa de imunizações da Cidade de São Paulo. 
Confira entrevista completa sobre a vacinação da Inluenza aqui.


Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Merenda Escolar Sustentável

Ver agenda completa