Notícias

Unidades do Cate já realizaram mais de 1.700 atendimentos desde o fim de abril

Agendamento é realizado pela central 156 ou pela internet no portal do serviço

De Secretaria Especial de Comunicação

Desde o dia 29 de abril, nove unidades do Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo da Prefeitura de São Paulo voltaram a atender para ajudar a população que está com dificuldade para habilitar o seguro-desemprego e requerer o auxílio emergencial do governo federal. Juntas, as unidades já registraram 1.763 atendimentos desde a retomada parcial do atendimento.

“É importante que as pessoas que agendam o atendimento não deixem de comparecer. As desistências têm girado em torno de 40%, o que prejudica outras pessoas que poderiam estar recebendo essa ajuda para ter acesso a esses benefícios”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

O agendamento diário é em torno de 1.400 pessoas distribuídas nas nove unidades. Nos primeiros dias de atendimento foram mais de 4.300 agendamentos. Nesta segunda-feira (4), foram atendidas 716 pessoas, sendo a maioria para habilitar o seguro-desemprego ou resolver pendências deste benefício. As demais foram atendidas para realizar o requerimento do auxílio emergencial.

Para essa terça-feira (5) estão agendadas 1.425 pessoas. No local, são verificados os documentos necessários para realizar o serviço. As equipes das nove unidades estão seguindo as recomendações dos órgãos de saúde quanto ao distanciamento social na fila e dentro da unidade. O uso de máscaras é obrigatório e o cidadão que chega ao atendimento sem a proteção, recebe uma máscara antes de entrar no Cate, além de ter acesso ao álcool em gel.

O serviço ocorre com agendamento pela central 156 ou pela página principal do Portal SP156 no endereço https://sp156.prefeitura.sp.gov.br. No local, um pop-up aparece com os serviços públicos voltados ao enfrentamento da pandemia do coronavírus. Clicando na segunda opção disponível, o usuário acessa diretamente a página com todas as informações sobre o auxílio emergencial e seguro-desemprego e o link para ser direcionado para agendar eletronicamente o atendimento nas unidades do Cate.

Quem optar pelo contato com a central 156 por telefone, deve ficar atento à gravação do serviço e escolher as opções 0-4-4-2 do ambiente eletrônico para ser direcionado para agendar o atendimento no Cate mais próximo de sua casa.

Quem pode receber

Tem direito ao benefício do seguro-desemprego o trabalhador formal e doméstico, dispensado sem justa causa. O trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador também tem direito.

Já para ter direito ao auxílio emergencial do governo federal, será avaliada a renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa, e de até três salários mínimos por família. Podem receber os desempregados, trabalhadores informais, MEI – Microempreendedores Individuais, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais e contribuinte individual ou facultativo da Previdência Social.

Documentos a serem apresentados nas unidades do Cate:

Para quem agendou serviços de Seguro Desemprego:

Para o Trabalhador Doméstico:

1. Documento de Identificação com foto (original ou cópia autenticada)

2. Número do CPF - Cadastro de Pessoa Física;

3. Carteira de Trabalho, com a anotação do contrato de trabalho (versão em papel ou versão digital);

4. Cartão do PIS (Programa de Integração Social), extrato atualizado ou Cartão Cidadão;

5. Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT), devidamente acompanhado do Termo de Quitação ou de Homologação.

Para o Trabalhador Formal:

1. Documento de Identificação com foto (original ou cópia autenticada)

2. Número do CPF - Cadastro de Pessoa Física;

3. Carteira de Trabalho, com a anotação do contrato de trabalho (versão em papel ou versão digital);

4. Cartão do PIS (Programa de Integração Social), extrato atualizado ou Cartão Cidadão;

5. Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT), devidamente acompanhado do Termo de Quitação ou de Homologação.

6. Documento de levantamento dos depósitos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), ou comprovante de saque do FGTS;

7. Requerimento do Seguro-Desemprego (em duas vias, emitido pela empresa, pelo aplicativo Empregador Web)

Para quem agendou a solicitação do Auxílio Emergencial:

1. Documento de Identificação com foto;

2. Número do CPF;

3. Aparelho de celular com numero ativo para recebimento do código de validação.

4. Caso não seja o único solicitante de seu grupo familiar, apresentar também o número de CPF e data de nascimento das pessoas que compõem seu grupo familiar

Unidades do Cate com atendimento emergencial, das 8h às 17h

Zona Norte
Cate Brasilândia - Av. João Marcelino Branco, 95
Cate Jaçanã - Rua Luis Stamatis, 300
Cate Perus - Rua Ylídio Figueiredo, 349

Zona Sul
Cate Cidade Ademar - Av. Yervant Kissajikian, 416
Cate Interlagos - Av. Interlagos, 6122

Zona Leste
Cate Cidade Tiradentes - Rua Milagre dos Peixes, 357
Cate Itaquera - Rua Augusto Carlos Bauman, 851
Cate Sapopemba - Av. Sapopemba, 9064

Zona Oeste
Cate Butantã - Rua Doutor Ulpiano da Costa Manso, 201

Faça pela internet 

Seguro-Desemprego
https://www.gov.br/pt-br/servicos/solicitar-o-seguro-desemprego

Auxilio Emergencial do Governo Federal
https://auxilio.caixa.gov.br/

Ações do documento