Notícias

Startups aceleradas pelo Green Sampa participam de rodada de negócios com grandes empresas

Durante os últimos dez meses, 30 startups contaram com o apoio da Ade Sampa e da Ideias de Futuro para alavancar os negócios

De Secretaria Especial de Comunicação

As startups aceleradas pelo Green Sampa, com execução da Ideias de Futuro, que atuam com foco na economia sustentável voltada para a cidade de São Paulo, participaram de uma rodada de negócios com empresas de capital aberto e fechado. O evento, realizado na quarta-feira (18), no Hub Green Sampa, reuniu companhias como Americanas, Santander, IFood, BR Malls, Natura, Mondelez e Google for Startups.

Durante a rodada, dez startups tiveram a oportunidade de apresentar soluções desenvolvidas para a resolução das principais problemáticas da cidade com foco em cidades inteligentes e sustentáveis; ambientes seguros e sustentáveis; ecoagricultura e segurança alimentar; e gestão de resíduos. 

O evento também contou com uma apresentação de Fernando Seabra, um dos avaliadores do Shark Tank Brasil e criador da metodologia Pitch Canvas, que falou sobre o tema e trouxe dicas de como o empreendedor pode se destacar no mercado. A iniciativa foi realizada pela Agência São Paulo de Desenvolvimento (Ade Sampa), entidade ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SMDET).

"A economia verde é resultado de uma agenda que contempla cada vez mais temas ambientais e de impacto social. O nosso principal objetivo com a aceleração de startups é, justamente, aumentar as oportunidades de negócio de uma empresa ainda em desenvolvimento, além de potencializar mais as que já estão bem estruturadas, ajudando não apenas o meio ambiente, mas promovendo também o potencial competitivo do setor", declarou a titular da SMDET, Aline Cardoso.

Para o gerente de inovação das Americanas, Ricardo Esposto, as questões ambientais e o empreendedorismo já andam juntos.

“Hoje não dá para pensar em um negócio que não tenha uma vertente com aplicabilidade para a questão ambiental. Todas as soluções verdes apresentadas pelas startups neste evento me surpreenderam muito. A Meta Recicla me chamou bastante a atenção porque traz a possibilidade de implantarmos sua solução tanto para o destino dos resíduos eletrônicos de dentro da empresa, quanto em educação ambiental, trazendo para a marca um ponto de destino para os eletrônicos do nossos clientes. A economia circular e tudo o que envolve essa startup nos parece viável e interessante”, contou.

A BRMalls também foi impactada positivamente pelas startups que teve conexão durante a rodada de negócios.

“A temática ESG na companhia e no mercado atrai clientes e investidores. Nos chamou atenção essa oportunidade porque incentiva cada vez mais práticas verdes e oferece acesso às grandes corporações. A startup Regera se destacou porque oferece consumo responsável e recompensas para a coleta de resíduos orgânicos e encaminhamento para a compostagem. Para a nossa companhia é possível essa aplicabilidade”, destacou Lucas Schimidt, Coordenador de Corporate Venture, do BR Malls.

Aceleração e residência

Ao longo de dez meses, 30 startups participaram de um processo de aceleração e residência composto por oficinas qualificativas em gestão de negócios, mentorias individuais e assessorias, com trilhas específicas conforme o estágio de maturidade do negócio. O programa Green Sampa, que é totalmente gratuito, garante apoio às startups, principalmente neste momento em que grandes corporações se voltam para a importância em apoiar empresas que se preocupam com os riscos ambientais, sociais e de governança, o chamado ESG.

“Cada vez mais os consumidores buscam se relacionar com empresas que estão voltadas para o bem-estar do meio ambiente e que pensem em desenvolver soluções ainda mais eficientes em termos ecológicos. A parceria entre a Ade Sampa e a Ideias de Futuro ocorre neste momento de recuperação econômica, onde a principal meta é garantir a sustentabilidade na cidade de São Paulo, que já enfrenta muitos desafios”, afirmou o presidente da Ade Sampa, Renan Vieira.

Green Sampa

Lançado em 2019 pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, o programa busca mapear empresas, startups verdes e stakeholders. Anualmente, oferta chamadas para aceleração e residência de empresas de tecnologias verdes, oferecendo qualificação em temas de gestão por meio de oficinas, mentorias coletivas e individuais, rodadas de negócio e demodays. Durante a última edição, o processo de aceleração das startups foi realizado pela Ideias de Futuro.

Inscrições abertas

Uma nova fase do Green Sampa já está com inscrições abertas abertas e os interessados podem acessar o site da Ade Sampa até 31 de maio. O processo de aceleração está previsto para acontecer entre agosto de 2022 a julho de 2023. As startups selecionadas serão residentes e terão acesso a um espaço exclusivo com infraestrutura completa para desenvolver e expor produtos e soluções.

 Além das oficinas em gestão e modelagem de negócios, de projetos e empreendedorismo, os interessados poderão participar de eventos temáticos nacionais e internacionais; meet ups de mercado; e masterclasses em temáticas como governança corporativa, sustentabilidade, pesquisa e desenvolvimento de tecnologias verdes. O edital com mais informações pode ser acessado também pelo site da Ade Sampa.

 

 SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo

Telefones: 3113-8835/ 3113-8831
E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Sala de imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Educomunicação

Ver agenda completa