Notícias

Rua Oscar Freire recebe ação de conscientização do Maio Amarelo 2019

Cadeiras de rodas ocuparão vagas de Zona Azul com lembretes: “Volto já”, “É rapidinho” e “Só 1 minuto”

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT), da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), promove nesta terça-feira (14/05) uma ação diferente de conscientização na Rua Oscar Freire para alertar a população sobre o respeito às vagas especiais de estacionamento destinadas a pessoas com deficiência física e idosas. Parte da programação do Maio Amarelo 2019 na cidade de São Paulo, o evento vai colocar cadeiras de rodas em aproximadamente 30 vagas de Zona Azul existentes no trecho entre as ruas Haddock Lobo e Bela Cintra.

As cadeiras de rodas poderão ser vistas das 9:30 às 14h com três tipos de mensagens comumente utilizadas como desculpas por motoristas que insistem em estacionar nas vagas prioritárias: “Volto já”, “É rapidinho” e “Só 1 minuto”.  

A ação Só 1 Minuto é uma parceria da SMT, CET e SMPED e contará, também, com a performance de mímicos do Centro de Treinamento e Educação de Trânsito da CET, o CETET. De maneira lúdica e bem-humorada, os mímicos ensinarão quem estiver passando pela Rua Oscar Freire a respeitar os mais vulneráveis no trânsito, incluindo aí as pessoas que têm sua mobilidade reduzida devido ao avanço da idade ou por alguma deficiência.

A população elogiou a campanha pública para conscientizar as pessoas. "Mesmo que seja rápido, essa atitude de parar na vaga errada dificulta bastante a rotina de um cadeirante", disse Caio de Brito, enquanto observava a ação educativa da Prefeitura na Rua Oscar Freire. 

"Em alguns casos, as pessoas têm a opção de parar em outros lugares, mas preferem estacionar na vaga destinada aos deficientes só pela comodidade. Essas pessoas não pensam no próximo", afirmou a designer Letícia Ribeiro.

A bióloga Camila Colombo sente diretamente o problema do estacionamento na família, já que o pai dela é cadeirante. "Essa situação de não ter vaga livre já aconteceu muitas vezes com ele. É uma questão de educação básica e a interpretação deve ser uma só: as vagas para deficientes devem ser reservadas apenas para as pessoas com deficiência", resumiu Camila. 

Blitz em vagas especiais e travessia inclusiva

Ainda dentro do Maio Amarelo, estão previstas blitz em vagas de DeFis e Idoso por diversos pontos da cidade ao longo do mês, sempre de quinta-feira a domingo, em todas as semanas de maio e até o dia 2/06.

Na semana de 16 a 19/05, a blitz será nas zonas Norte e Leste, nos shoppings Lar Center, Metrô Tatuapé, Metrô Itaquera e Center Penha.

Este tipo de fiscalização começou em 1º de setembro de 2017. Acontece em shoppings e supermercados que se adequaram à sinalização correta para estas vagas especiais, cumprindo as regras do Manual de Sinalização da CET (acessível no site www.cetsp.com.br). De acordo com as resoluções 303/08 e 304/08 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), os estabelecimentos particulares devem destinar 5% das vagas existentes para os idosos e 2% para as pessoas com deficiência.

O balanço mais recente mostra que, em 2019, até abril, foram feitas 2.226 autuações pelos agentes de trânsito em estacionamentos de comércios privados na capital paulista. Em 2017, de 1º/09 até o final daquele ano, foram 1.048 multas; em 2018 (ano todo) 4.361 autuações lavradas – lembrando que quem desrespeita as vagas especiais comete infração gravíssima e está sujeito à multa de R$ 293,47 e 7 pontos na CNH.

Além dessas atividades, o Maio Amarelo 2019 terá a realização de travessia inclusiva. Nessa experiência sensorial, pessoas comuns são convidadas a atravessar faixas de segurança com olhos vendados ou em cadeiras de rodas, simulando restrições visuais e locomotoras.

Palestra para idosos

Também na manhã de 14/05, às 11 horas, a CET promoverá a palestra Mobilidade segura – um direito da pessoa idosa, no auditório do SESC 24 de Maio. A entrada é franca, e o evento também integra a programação oficial do Maio Amarelo.

Programação do Maio Amarelo

A PMSP, por meio da SMT, promove várias ações e eventos do Maio Amarelo 2019, movimento que acontece em várias partes do mundo para incentivar a convivência entre os modais e conscientizar todos sobre a importância de reduzir os acidentes de trânsito. A campanha reúne setores da administração municipal, como a São Paulo Transporte (SPTrans), a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o Departamento de Transportes Públicos (DTP) e o Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV).

Durante todo o mês de maio, iniciativas de fiscalização, educação e conscientização, atingindo todos os usuários do sistema viário, irão acontecer com o objetivo de envolver a sociedade na missão de reduzir os acidentes e proteger os mais vulneráveis – pedestres, ciclistas e motociclistas. Tudo para lembrar que, no trânsito, o sentido é a vida.

O apoio do Poder Público vai ao encontro do Plano de Segurança Viária 2019-2028 Vida Segura, que norteia a execução de políticas públicas para a redução de ocorrências graves e óbitos no tráfego paulistano. O plano tem como meta transformar São Paulo em uma das cidades com o trânsito mais seguro do mundo.

Esse apoio aliás é visível desde 1º de maio, quando a fachada do prédio da SMT/CET, no Centro da cidade, já amanheceu com uma testeira e um laço amarelo gigante.

Enfim, a programação do Maio Amarelo 2019 é intensa. Dentre os principais eventos previstos destacam-se:

  • Conscientização de pedestres em terminais de ônibus, alertando para a importância da cidadania, segurança e educação;
  • Atendimento da unidade móvel LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexuais) nos terminais;
  • Andar de Ônibus em SP no Term. Pinheiros;

 

  • Formatura dos empregados que participaram do Curso de prestação de serviço de Primeiros Socorros - Corpo de Bombeiros (evento realizado em 9/5);
  • Esquetes Teatrais Educativas para Pedestres nos terminais Capelinha e Pinheiros;
  • Formatura dos empregados que participaram do Curso de condução segura de veículos - Guarda Civil;
  • Pet Seguro: ação prevista em 26/05 para orientar a população a transportar seu animal de estimação de maneira segura, com distribuição de cartilha de conscientização aos tutores;
  • Simulador de colisão: equipamento simula uma batida frontal em baixa velocidade e poderá ser experimentado de graça pela população em 26/05 (data prevista);
  • Motociclista Seguro: palestra prevista para 28/05 com motociclistas e lições de pilotagem defensiva e itens de segurança da motocicleta;
  • Seminário Internacional sobre Sinalização e Segurança no Trânsito – ABNT, previsto para 30/05;
  • Sexta sem Carro – 31/05.

Para mais informações sobre a programação oficial do Maio Amarelo 2019 na cidade de São Paulo, acesse http://maioamarelo.prefeitura.sp.gov.br  

 

Ações do documento

Vídeos

SPLICA - Cinema com o Spcine Play

Ver agenda completa