Notícias

Rodízio municipal: como proceder em caso de emergência médica

Quem precisar realizar um deslocamento e for autuado por desrespeitar a medida, poderá recorrer pelas vias de defesa já existentes

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio do Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV), informa que aqueles que necessitarem realizar um deslocamento de carro devido à emergência médica e forem autuados por desrespeito ao rodízio emergencial, poderão recorrer da multa pelas vias de defesa já existentes, indicadas quando do recebimento da notificação de autuação.

As Defesas da Autuação podem ser feitas on-line, sem sair de casa, pelo DSV Digital (https://dsvdigital.prefeitura.sp.gov.br), e a interposição de recursos pode ser feita pelos Correios. Ambas as possibilidades já eram oferecidas antes do período de Pandemia de Covid-19.

Leia também:


Coronavírus: Confira as principais notícias publicadas no site da Prefeitura

Ações do documento