Notícias

Resíduos sólidos: como embalar o lixo neste período de pandemia

Seguindo as orientações do Plano de Contingência de Gestão de Resíduos Sólidos, criado pela Prefeitura, você se protege e também impede que os coletores se contaminem com os detritos

De Secretaria Especial de Comunicação

O aumento de resíduos sólidos nas residências durante o período de quarentena foi de 10%, segundo a  Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais.

De acordo com o levantamento, como a maioria das pessoas está fazendo compras pela internet, a quantidade de embalagens nos domicílios aumentou. Antes, as pessoas iam aos locais de compra e estas embalagens não eram necessárias.

Preocupada com a saúde pública, em março a Prefeitura anunciou o Plano de Contingência de Gestão de Resíduos Sólidos, cujas adaptações são feitas conforme o andamento da pandemia de covid-19.

Segundo o plano, os resíduos domiciliares devem ser descartados em dois sacos de lixo resistentes, sem estar preenchidos até em cima. Deve-se colocar os detritos até dois terços da capacidade de cada embalagem e dar um nó forte nela, para que fique lacrada. É uma maneira de proteger os coletores, pois assim eles não terão contato com o que está sendo descartado (que pode estar contaminado).

Outras informações

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Merenda Escolar Sustentável