Notícias

Rede socioassistencial de São Paulo hospeda idosos com deficiência em hotel no Centro

Medida faz parte das ações da prefeitura para enfrentar a situação de emergência ocasionada pelo novo coronavírus

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), iniciou em 23 de julho a hospedagem de idosos em situação de rua em hotéis. São 150 vagas em três hotéis na região central da cidade. Entre eles há pessoas com deficiência que foram acolhidas em quartos adaptados, no Grand Hotel.

As 50 novas vagas são destinadas aos idosos que estejam em condições de maior autonomia para o autocuidado, identificados pela equipe técnica do Centro de Acolhida para Adultos do qual foram encaminhados. No dia 08/07, foram iniciadas as hospedagens de idosos no Hotel Windsor e no Hotel Rivoli – com 50 vagas cada.

As acomodações são duplas, respeitando a distância entre as camas e seguindo as orientações de higiene recomendadas pelas autoridades sanitárias. O local possui acessibilidade.

“Hoje temos quatro vagas para Pessoas com Deficiência no hotel e estamos ampliando para atender melhor a população idosa. Continuamos em negociação com outros hotéis, para que a gente consiga anunciar outras vagas”, afirmou a secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Berenice Giannella.

O estabelecimento hoteleiro será remunerado pela Prefeitura (por diária e por pessoa) e oferecerá alimentação completa – café da manhã, almoço e jantar com horários estabelecidos - e serviço de limpeza. O atendimento social será realizado pelos técnicos da parceria entre a SMADS e a Organização Social Civil (OSC) APOIO – Associação de Auxílio Mútuo da Região Leste.

Leia também

Covid-19: Prefeitura amplia ações com as pessoas em situação de rua

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Merenda Escolar Sustentável