Notícias

Programa da Cohab-SP previne acidentes com aparelhos elétricos

“Desplugando” alerta para riscos de queimaduras e incêndios provocados por carregadores, ventiladores e eletrônicos que passam o tempo todo na tomada

De Secretaria Especial de Comunicação

É muito comum nos dias de hoje as pessoas deixarem carregadores, ventiladores e aparelhos eletrônicos pessoais o dia todo plugados na tomada, mesmo quando não estão sendo utilizados. Mas o que muita gente não sabe é que essa atitude pode colocar em risco suas residências e a segurança dos moradores.

Preocupada com essa situação, a Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab-SP) lançou o programa Desplugando, que tem como objetivo alertar para os riscos de queimaduras e incêndios que esses equipamentos, quando energizados por muito tempo, podem causar e orientar a melhor maneira de como preveni-los.

Desde o começo de abril, em todos os atendimentos realizados pela van Cohab na Área, foram entregues filipetas com descrição dos equipamentos que podem causar perigo dentro de casa e de como se prevenir para que acidentes não aconteçam.

Os moradores ficam sabendo que devem desplugar o carregador da tomada após a utilização, não usar o celular enquanto estiver sendo carregado na tomada, não usar diversos aparelhos plugados numa mesma tomada, não deixar aparelhos que tenham fonte ou bateria sempre plugados, conhecer e respeitar as amperagens das tomadas de sua residência e desplugar todos os aparelhos possíveis antes de sair de casa.

No caso específico de telefones celulares, a própria Anatel recomenda retirar o carregador da tomada após o uso, do contrário poderá reduzir sua vida útil, além de poder ser danificado por oscilações da rede elétrica, principalmente quando há picos ou quedas de luz ocasionadas por chuvas fortes.

O primeiro empreendimento a receber as filipetas da ação foi o Conjunto Brás IV, conhecido como Edifício Maranello. A síndica do condomínio, Elizabeth Morelli, gostou muito da iniciativa e acredita que todos os síndicos deveriam aderir às medidas da campanha. “É muito importante porque é uma forma simples, com frases diretas que qualquer pessoa pode entender. A conscientização atinge desde idoso até criança”.

A ação teve início em fevereiro deste ano como um serviço interno para os colaboradores da Cohab-SP. Foram realizadas palestras em cada setor da Companhia com o engenheiro elétrico Édson Rodrigues da Silva, especializado na prevenção de acidentes desse tipo. “Acidentes dessa natureza podem acontecer a qualquer momento, sem que ninguém esteja esperando, por isso a prevenção é muito importante” aconselha o engenheiro. “Temos de evitar cometer esses pequenos erros que podem levar à perda de um prédio inteiro”, alerta.

Outra medida foi a colocação de lembretes em formato de displays nos monitores de todos os computadores da empresa, além da distribuição de folhetos com informações sobre quais equipamentos devem ser desplugados da tomada e quais devem ser apenas desligados.

O colaborador Pedro José Santiago, que trabalha na Gerência Jurídico Contencioso da empresa, diz que a questão da eletricidade é importante, pois pode atingir de forma severa todas as pessoas. “A palestra foi muito boa e serviu de alerta sobre os cuidados e atitudes que temos que tomar como desligar os ventiladores ligados e não deixar os carregadores de celulares conectados à rede elétrica o tempo todo”.

O engajamento entre os colaboradores foi tão grande que a Cohab decidiu levar a ação para os Conjuntos Habitacionais.

Economia de energia

Além de evitar os riscos de acidentes, desplugar os aparelhos elétricos da tomada pode ser vantajoso para o bolso. Aquela luzinha que fica acesa, mesmo depois de se desligar a televisão, por exemplo, indicando o modo stand by ou espera, também consome energia elétrica. Nessa situação o aparelho pode consumir até 3,7 KWh/mês.

Já um micro-ondas ligado à tomada o tempo inteiro representa aproximadamente 25% do consumo de energia do aparelho, caso seja usado por cerca de 20 minutos ao dia.

Os vilões desse consumo são os aparelhos de ar-condicionado (modelo split), de televisão, de som e os micro-ondas, segundo testes realizados pela Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor.

Outro levantamento, este do Instituto Akatu, mostra que o total consumido por todos os equipamentos ligados no modo de espera pode representar até 12% do consumo de energia elétrica de uma residência.

Para mais informações sobre a Cohab-SP clique aqui.

Ações do documento

Vídeos

SPLICA - Acessibilidade em São Paulo

Ver agenda completa