Notícias

Prefeitura revitaliza 900 pontos de descarte irregular de lixo e retira 2,8 mil toneladas de resíduos das ruas

Ação faz parte do Revitaliza SP, projeto que mobiliza a conscientização dos moradores do bairro

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura, por meio da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), vem combatendo nos últimos anos o descarte irregular de lixo na cidade. As ações já resultaram em uma redução de 50% no volume descartado. Uma das iniciativas para coibir a prática irregular foi a criação do Revitaliza SP, projeto que já eliminou e revitalizou 900 pontos viciados de sujeira (lixo e entulho), por meio de limpeza, pintura e educação ambiental. Iniciado em janeiro de 2020, o projeto já transformou 900 locais e retirou 2.8 mil toneladas de resíduos das ruas.

Em um ano, 8.629 agentes de limpeza participaram das ações, que acontecem todos os sábados em diversas regiões da capital paulista. Durante a semana, os agentes ambientais passam nas residências convidando a comunidade local para participar da atividade. Há também divulgação dos serviços do Ecoponto, Cata Bagulho e Coleta Domiciliar em todo o entorno. 

Revitalização

Todas as semanas são revitalizados 18 pontos viciados, que recebem limpeza e retirada de entulho, pintura nos muros e guias, além da instalação de jardineiras em pneus reutilizados. Após a transformação, são instaladas duas placas: uma com os endereços dos ecopontos mais próximos e o valor da multa do descarte irregular de entulho; e outra placa do Revitaliza SP, informando a data da ação realizada.

Para que esses locais transformados permaneçam limpos, a contribuição da população é fundamental. Descartar resíduos diversos abaixo de 50kg em área pública é passível de multa no valor de R$855,00, e acima de 50kg, R$16.693,28, de acordo com a Lei de Limpeza Urbana nº 13.478/02, artigos 160 e 161, além de ser considerado crime ambiental.

Ações do documento