Notícias

Prefeitura participa de formação gratuita on-line promovida pela Agenda Pública

A capacitação, com foco em resolução de desafios dos serviços públicos, terá como tema a proteção social diante da pandemia

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, participa do Open Master ON, uma experiência on-line que tem como objetivo a formação de pessoas para construção de soluções ágeis de desafios públicos reais. A Agenda Pública, organização especialista em aprimoramento de serviços públicos, em parceria com a Estratégia ODS e cofinanciamento da União Europeia, adaptou a metodologia já existente do Open Master para que sejam construídas soluções de impacto nos municípios de maneira remota, em decorrência do coronavírus. As inscrições podem ser feitas até 14 de junho pelo link https://bit.ly/openmasteron.

“É muito importante ter a Prefeitura de São Paulo participando de uma experiência compartilhada com diversos outros governos municipais. Desta maneira, é possível construir em conjunto soluções para as principais problemáticas da maior cidade do país”, declara secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso. “A capital paulistana pode e deve ser referência de iniciativas inovadoras que contribuam também com o desenvolvimento econômico e social de outras cidades”, complementa a secretária.

Serão selecionadas três equipes de cinco a seis participantes que, durante oito semanas, vão se dedicar a entender de forma ampla problemas concretos apresentados por gestores públicos de municípios brasileiros no contexto da crise do coronavírus. A Agenda Pública mediará sessões virtuais semanais com os grupos, tendo duração de uma hora e meia cada. Durante os encontros serão apresentadas inspirações e casos trazidos pelos próprios participantes, além de repertórios analíticos que se relacionem com o desafio.

“A formação de resolução de desafios reais ligados aos serviços públicos brasileiros é gratuita. É composta por um aprendizado que combina processos pedagógicos ativos e ferramentas digitais, permitindo a interação entre diversos atores de todo o país para construir conjuntamente respostas para a atual crise”, declara o cientista político e diretor da Agenda Pública, Sergio Andrade.

Ações do documento