Notícias

Prefeitura libera Zona Azul no entorno de unidades de saúde

Objetivo é auxiliar o atendimento da população e o deslocamento dos profissionais de saúde para o enfrentamento da pandemia de COVID-19

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio do Departamento de Operação do Sistema Viário, informa que, a partir desta segunda-feira (23), a Zona Azul está suspensa num raio de 300 metros de unidades de saúde, como hospitais, ambulatórios, UBS, UPA, AMA, pronto-socorro, dentre outros estabelecimentos que prestem atendimentos de urgência e emergência. 

O objetivo é auxiliar o atendimento da população e o deslocamento dos profissionais de saúde para o enfrentamento da pandemia de COVID-19. 

A medida se soma a outras já anunciadas, como a suspensão do rodízio municipal de veículos por tempo indeterminado e a liberação de circulação dos veículos de carga que fazem abastecimento de itens essenciais como medicamentos, materiais hospitalares, alimentos, produtos de higiene e combustíveis. 

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) ressalta que seguem valendo normalmente: 

- Restrições de circulação e o rodízio de placas para os demais veículos pesados (caminhões);

- Zona Azul no restante da cidade;

- Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF);

- Restrição de circulação de veículos de passeio em faixas e corredores exclusivos de ônibus.

Coronavírus: Confira as principais notícias publicadas no site da Prefeitura

Ações do documento