Notícias

Territórios Educadores estimula crianças e estudantes com atividades de trânsito seguro

Ruas vão receber nova sinalização, reforma de praça e trilha educativa em região com oito escolas municipais

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, em parceria com a organização United Way Brasil, inaugurou nesta sexta-feira (09) o Territórios Educadores, um projeto que cria travessias seguras e lúdicas no trajeto escola-casa. A ideia é que as crianças possam interagir e aprender brincando enquanto caminham pelas calçadas. O bairro do Campo Limpo será o primeiro a receber a iniciativa que será ampliada, posteriormente, para outras regiões da cidade.

"Aqui é o primeiro Território Educador da cidade de São Paulo, uma ação prevista no Plano Municipal da Primeira Infância, que transforma o caminho até a escola em um espaço para educar de forma lúdica, mostrando a importância de se respeitar as leis do trânsito", disse Covas.

Em uma ação coletiva, cerca de 200 voluntários de empresas e fundações parceiras da United Way Brasil farão um mutirão com a Prefeitura de São Paulo para dar início ao projeto e também revitalizar escolas municipais e praça pública na região do Campo Limpo.

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente forneceu 2.740 mudas de espécies nativas e ornamentais, incluindo grama amendoim, lírios e vedélias para paisagismo e plantio na Praça do Campo Limpo. As entregas ocorrerão em conjuntos de aproximadamente 600 mudas por vez.

Para que as crianças e estudantes possam ter a sensação de pertencimento do espaço público e encontrem mais opções de lazer, as calçadas e muros no caminho da escola vão receber pinturas, amarelinhas e outras atividades lúdicas.

Além de um trajeto interativo para integração de oito escolas, o Territórios Educadores prevê a revitalização da praça do Campo Limpo, que fica no caminho de várias instituições de ensino da região. O local irá funcionar como uma estação educadora do projeto e ganhará jardim sensorial, revitalização dos  brinquedos, acessibilidade e também terá uma área cercada voltada para as crianças pequenas.

O Territórios Educadores tem o apoio da Subprefeitura Campo Limpo. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) será responsável pelos projetos de melhora no tráfego no entorno das escolas, com redução de velocidade, nova sinalização, lombadas, faixa de pedestres, mudança de mão de algumas ruas. As principais melhorias vão ocorrer no entorno das CEIs Nathalia e Olga B. Prestes.

A São Paulo Transporte (SPTrans) facilitará a identificação dos ônibus que fazem esse itinerário da rota educadora. Será permitido que os 446 ônibus das 48 linhas tenham em seu letreiro eletrônico e adesivos afixados no para-brisa dianteiro a frase “Esse ônibus passa em Territórios Educadores”.

Esse projeto será ampliado para outras regiões da cidade. Os próximos bairros escolhidos são aqueles onde as crianças se deslocam a pé para ir até a escola, oferecendo uma forma de lazer, além de segurança. No Campo Limpo, por exemplo, 67% das crianças vão andando até as creches acompanhadas de seus pais ou cuidadores. As ações previstas serão implantadas em três fases que terão oito meses para serem concluídas.

As CEIs Dra. Nathalia Pedroso e Olga Benário Prestes serão revitalizadas e as unidades de ensino vão receber novos espaços. A ação faz parte do Dia Viva Unido, projeto da United Way Brasil focado no desenvolvimento da Primeira Infância. Pinturas nos muros e parques das escolas, manutenção das salas de leitura e brinquedoteca, além de um muro sonoro estão entre as ações. As fachadas serão repaginadas para integrar com o projeto do Territórios Educadores.

O secretário de Mobilidade e Transportes, João Octaviano Machado Neto, explica a importância do projeto para a primeira infância. “O Programa Territórios Educadores cria um importante espaço de aprendizado e de cidadania para crianças em idade escolar. Elas irão aprender de forma lúdica sobre segurança viária e terão no trajeto da casa até a escola um mundo de aprendizado com as trilhas educadoras”, afirmou o secretário.

Gabriella Bighetti, diretora-executiva da United Way Brasil, chama a atenção para a importância da parceria público-privada no desenvolvimento da Primeira Infância. “Crianças bem assistidas mudam o mundo. Cuidar delas é construir, hoje, a sociedade que queremos para o futuro. Por isso o papel das empresas e o envolvimento dos voluntários pode ser tão relevante nesse processo”, disse.

Para a vereadora Janaína Lima (NOVO), idealizadora do Projeto de Lei que estabelece o Plano Municipal pela Primeira Infância e autora da emenda que viabiliza a ação na Praça do Campo Limpo, investir na criança é o melhor caminho para transformar a Cidade. "Entender as necessidades dos pequenos cidadãos é uma forma de prevenir os futuros problemas sociais, uma vez que oferece a base para uma formação digna de um indivíduo agente de mudanças, capaz de gerar prosperidade para a nossa sociedade", afirmou.

Vídeos

Plano de combate ao mosquito Aedes Aegypti