Notícias

Prefeitura fiscaliza estabelecimentos na região do Aricanduva

Ação contou com a participação de mais de 60 pessoas entre profissionais da Subprefeitura, Guarda Civil Metropolitana, Polícia Militar e CET

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão, intensificou no último fim de semana os trabalhos de fiscalização dos estabelecimentos comerciais que não estão cumprindo as medidas de restrição estabelecidas em decorrência da pandemia do novo coronavírus na cidade de São Paulo.

+ Quarentena: Prefeitura interdita estabelecimentos por descumprimento de regras

Nas noites de sexta, sábado e domingo, a subprefeitura realizou a " Operação contra o covid", que contou com a participação de mais de 60 pessoas entre profissionais da Subprefeitura, Guarda Civil Metropolitana, Polícia Militar e CET.

Após a fiscalização, 17 estabelecimentos foram lacrados na Vila Nova York, Vila Formosa, Aricanduva, Barreira Grande, Jardim Colorado, Santo Eduardo, Anália Franco e Carrão.

A cidade de São Paulo está na fase amarela, onde o atendimento de bares e restaurantes ficam limitados a seis horas por dia, com fechamento às 17h.

Na sexta, a operação iniciou às 18h, na Praça Padre Nelson José Nigrist.  A fiscalização passou pelos bares e adegas ao redor da praça. Viaturas ficaram no local para que não houvesse aglomeração de pessoas, outras fizeram rondas pelo bairro realizando a fiscalização dos comércios. 

“Estamos seguindo as diretrizes da Prefeitura, que está cuidando em tempo integral da retomada consciente da nossa cidade. Se todos colaborarem agora, logo logo voltaremos as nossa rotina”, disse a subprefeita da região, Fernanda Galdino.

No sábado e domingo foram realizadas rondas em mais de 50 ruas diferentes na região, orientando, e multando os que estavam desobedecendo o decreto.


Ações do documento