Notícias

Prefeitura de São Paulo divulga protocolo para retomada das atividades nos centros de treinamento esportivos de alto rendimento

Medida foi publicada no Diário Oficial deste sábado (18/07)

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo autorizou a retomada das atividades com medidas de restrições nos centros de treinamento esportivos de alto rendimento da capital. O protocolo com as regras a serem seguidas foi publicado no Diário Oficial deste sábado (18/07). O protocolo completo pode ser acessado clicando aqui.

Para reabertura, os responsáveis deverão submeter todos os ambientes do estabelecimento a um intenso processo de desinfecção prévia, especialmente os locais de atendimento, os banheiros e as áreas de acesso público, seguindo as indicações das autoridades sanitárias e dos profissionais pertinentes.

Atletas e funcionários devem usar máscara durante todo o caminho até a chegada ao centro de treinamento e nas instalações enquanto não estiver treinando. Durante a sessões de treino previamente agendadas, os atletas poderão estar sem máscara, o staff deve permanecer o tempo todo com a proteção.

Os atletas devem se apresentar para o treinamento em horários próximos ao do início das atividades para não ficarem muito tempo expostos no local de treinamento. Devem higienizar as mãos ao chegar, evitar o contato físico com os colegas, higienizar as mãos antes de ir embora e se dirigir direto para casa assim que acabar o treino.

Deverá ser priorizada a realização das atividades e treinamentos na forma individual e, quando da impossibilidade, utilizar-se de equipe reduzida, evitando qualquer forma de contato e garantindo a utilização de EPI, sempre que possível.

A máscara deverá ser substituída sempre, e todos devem higienizar-se com álcool gel 70% ao chegar no local de treino e ao deixá-lo, evitando qualquer forma de contaminação relativa ao trajeto de ida e volta.

Ao chegar no centro de treinamento, todos (atletas e staff) devem verificar a temperatura. Se a temperatura estiver acima de 37,4°C não participe de nenhuma atividade, retorne para a casa e entre em contato com médico.

Se algum atleta apresentar sintomas característicos do covid-19, deverá realizar o teste diagnóstico para a detecção do vírus, RT-PCR. Se por questões financeiras isso não for possível, deverá aguardar no mínimo 10 dias após o início dos sintomas e pelo menos 72h assintomático para retornar.

Caso o atleta tenha tido contato com alguém da mesma casa ou contato por mais de 10 minutos em uma distância inferior a um metro com alguém confirmado com covid-19, deverá fazer o teste diagnóstico para a detecção do vírus, RT-PCR. Se por questões financeiras isso não for possível, deverá aguardar no mínimo sete dias assintomático para retornar.

Vestiários estarão fechados, não sendo permitido tomar banho no local de treinamento. Utilizar o banheiro para necessidades fisiológicas será permitido sendo realizado estritamente uma pessoa de cada vez.

Atendimentos de fisioterapia

Os atendimentos deverão ser realizados individualmente, de preferências e se possível ao ar livre com o uso de EPIs (pelo menos máscara, avental descartável e face shield), deve ocorrer intervalo entres os atendimentos para serem realizadas as medidas de higiene no local.

Atendimentos de nutrição

Os atendimentos deverão ser realizados individualmente, de preferências e se possível ao ar livre com o uso de EPIs (pelo menos máscara, avental descartável e face shield), deve ocorrer intervalo entres os atendimentos para serem realizadas as medidas de higiene no local e nos equipamentos (balança, fita métrica e adipômetro).

Funcionários

Casos retroativos de sintomas ou possível contaminação devem ser notificados, mesmo que anteriores a esse protocolo. Todos os funcionários que apresentarem sintoma de síndrome gripal (febre, mesmo que relatada, tosse ou dor de garganta ou coriza, ou dificuldade respiratória) serão considerados suspeitos de portarem covid-19, devendo ser testados (PCR-RT) antes da reabertura dos estabelecimentos, só podendo retornar às atividades após 14 dias do primeiro sintoma, caso todos os sintomas tenham findado, ou caso esteja munido do resultado negativo.

Funcionários pertencentes ao grupo de risco, por terem idade acima de 60 anos ou outras comorbidades, deverão trabalhar em regime de teletrabalho, ou receber especial atenção e cuidado, executando sempre atividades que englobem menor risco de contaminação.

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Merenda Escolar Sustentável