Notícias

Prefeitura atende mais de 12 mil idosos em Núcleos de Convivência espalhados por todas as regiões da capital

Os serviços têm por foco o desenvolvimento de atividades que contribuam no processo de envelhecimento saudável

De Secretaria Especial de Comunicação

Você sabia que a Prefeitura de São Paulo tem mais de 12 mil vagas para idosos com idade a partir dos 60 anos interessados em participar de atividades esportivas e oficinas? Os 91 Núcleos de Convivência de Idosos espalhados por todas as regiões da capital promovem atividades socioeducativas planejadas, baseadas nas necessidades e interesses dos idosos.

Os serviços têm por foco o desenvolvimento de atividades que contribuam no processo de envelhecimento saudável, no desenvolvimento da autonomia e de sociabilidades, no fortalecimento dos vínculos familiares, no convívio comunitário e na prevenção às situações de risco social.

Nos núcleos, os idosos participam de atividades esportivas, dança, artesanato, yoga, pilates, música, canto, oficinas de psicoterapia e resgate de memórias e passeios.

Conhece alguém que gostaria de participar das atividades promovidas em um dos 91 Núcleos de Convivência de Idosos? Procure o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo e obtenha mais informações.

Outros serviços para idosos

Atualmente, a rede socioassistencial conta com 16 Centros Dia para Idosos com 30 vagas em cada um. Nesses locais, os idosos podem passar o dia enquanto o filho trabalha e retornar para casa à noite. Os serviços prestam atendimento a idosos com maior fragilidade que recebem cuidados especiais como alimentação, terapia ocupacional, atendimento multidisciplinar, além de participar de oficinas. 

A rede também conta com o Centro de Referência da Cidadania do Idoso (CRECi@). O serviço proporciona um espaço de socialização e entretenimento. No local, 400 idosos participam de diversas atividades, como bailes, palestras, oficinas, aulas de ginástica e informática.

As 14 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), que juntas podem acolher até 480 idosos, funcionam em unidades com características residenciais e estrutura física adequada, visando o desenvolvimento de relações mais próximas do ambiente familiar e a interação social. A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) também dispõe de sete Centros de Acolhida Especiais, que prestam atendimento a 702 idosos mais independentes, garantindo acolhimento digno e resgate da cidadania.

As vagas são referenciadas nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), e também podem ser viabilizadas por meio de encaminhamentos do Ministério Público ou Poder Judiciário.

Vídeos

Festival de Natal de São Paulo

Ver agenda completa