Notícias

Prefeitura assina contrato de concessão do Mercado Santo Amaro

Consórcio vencedor ofereceu melhor proposta financeira pelos 25 anos de concessão

De Secretaria Especial de Comunicação

O prefeito Bruno Covas assinou nesta quarta-feira (28) o contrato de concessão do Mercado Santo Amaro. O Consórcio Fênix, formado pelas empresas Engemon, Houer, Supernova e Urbana Arquitetura e Projetos, apresentou a melhor proposta financeira pelos 25 anos de concessão do mercado. Os mercados são parte importante da cultura e dos hábitos da cidade, mas precisam de modernização.

“Essa assinatura representa uma grande vitória para a população, que agora, com uma empresa privada tomando conta deste espaço, irá ganhar um serviço melhor. É nessa linha que nós apostamos, passar para a iniciativa privada os serviços que ela cuida muito melhor que o poder público para que possamos focar recursos humanos e financeiros no que é o essencial para a cidade”, disse o prefeito Bruno Covas.

Este é o primeiro contrato de concessão assinado após a Lei que instituiu o Plano Municipal de Desestatização (PMD), articulado pela Secretaria do Governo Municipal (SMG). O Plano consiste em uma lista de serviços e ativos que podem ser alvos de desestatização, por meio de concessões, Parcerias Público Privadas (PPPs) ou mesmo a privatização. A ação tem o objetivo de desonerar a Prefeitura e redimensionar o tamanho do governo, além de promover alto impacto econômico e social.

“Se o serviço público pode ser exercido pela iniciativa privada, que faça de tal forma que possamos realocar os recursos públicos em atividades que são de maior necessidade da população, como saúde, educação e assistência social”, disse o secretário do Governo Municipal, Mauro Ricardo Costa.

O valor total da operação do Mercado de Santo Amaro para os cofres municipais: R$ 51,054 milhões – R$ 21,3 milhões em investimentos no mercado, R$ 5,5 milhões a serem pagos à Prefeitura de ISS e R$ 24,2 milhões pela concessão.

“É muito gratificante para nós fazer parte dessa parceria. A população terá acesso a um projeto inovador, focado em transformar o mercadão em um polo gastronômico. E, os permissionários, a uma estrutura profissional, que privilegia o conforto e devolverá ao local a vocação para ponto de encontro da comunidade local. Tudo sem perder as características que o fazem tão importante para a cidade de SP”, afirmou o presidente do Consórcio Fênix e da Engemon, Marco Alberto Silva.

Além de uma nova estrutura para melhorar o atendimento aos clientes e permissionários, a iniciativa prevê a ampliação da área de 9 mil m² para mais de 11 mil m², aumentando também o número de boxes, que passará de 25 para 160.

“Estou muito entusiasmada. Eu nasci dentro deste mercado, então para mim isso é uma vitória, porque eu acho que realmente a Prefeitura precisa investir em outros equipamentos”, destacou a presidente dos permissionários, Fátima Abimoradh. Questionada sobre o trabalho do consórcio, ela elogiou a parceria e destacou: “É um trabalho de costura, que não é fácil, mas que será muito bom para toda a população”.

 

Linha do Tempo do projeto

24/02 a 19/03/2018
Lançamento do edital para a primeira consulta pública.

10/04/ a 25/04/2018
Lançamento do edital para a segunda consulta pública e contribuições da sociedade.

10/01/2019
Lançamento do edital final

11/02/2019
Sessão de licitação e abertura dos envelopes comerciais e de habilitação dos interessados

28/08/2019
Assinatura do contrato de concessão do Mercado Municipal de Santo Amaro

 

História do Mercado
O centro comercial foi inaugurado em 1897, na Praça Doutor Francisco Ferreira Lopes. O mercado funcionou naquela região até 1958, quando foi transferido para o atual endereço, na esquina das ruas Padre José de Anchieta e Ministro Roberto Cardoso Alves.

No início, vendia apenas produtos por atacado e começou a trabalhar com vendas no varejo a partir de 1961 atendendo, além de Santo Amaro, os bairros de Indianópolis, Vila Mariana, Bosque da Saúde, Jabaquara, Cidade Ademar e Cidade Dutra, entre outros.

Um incêndio ocorrido em 25 de setembro de 2107 atingiu 90% das lojas. Desde então, o mercado funciona em caráter emergencial em uma tenda no estacionamento. O local possuía 3.600 m²de área construída e cerca de 25 boxes, incluindo um sacolão e restaurantes.


Serviço Mercado Municipal de Santo Amaro
Rua Padre José de Anchieta, 953
Segunda a sábado, das 8h às 21h. Domingos, das 8h às 17h.

Ações do documento