Notícias

Prefeitura abre cadastramento de blocos para o Carnaval de Rua 2020

Inscrições podem ser feitas até o dia 30 de setembro. Desfiles serão entre 15 de fevereiro e 1.º de março de 2020.

De Secretaria Especial de Comunicação

Parte do calendário cultural integrado, o Agendão, do programa São Paulo Capital da Cultura, da Prefeitura de São Paulo, o Carnaval de Rua de São Paulo consolidou-se como um dos maiores do país, simbolizando um reflexo da diversidade de todas as tradições e expressões culturais carnavalescas do Brasil.

 A Prefeitura de São Paulo antecipa o planejamento do evento e abre inscrições para blocos, bandas e cordões carnavalescos, entre os dias 9 e 30 de setembro de 2019, através do site: https://carnavalderua.prefeitura.sp.gov.br

 O período oficial dos desfiles será entre 15 de fevereiro e 1º de março de 2020. Antes de realizar o cadastro, os organizadores dos blocos terão acesso ao Guia de Regras atualizado, documento oficial com diretrizes para os desfiles.

 "O Carnaval de Rua de São Paulo é um dos maiores e melhores do Brasil. Todo mundo hoje quer vir passar o carnaval aqui. Nossa festa é a cara da cidade, construída pela tradição cultural dos blocos de São Paulo nos últimos anos, no modelo de carnaval livre, democrático, descentralizado e organizado que está se tornando referência, com artistas da cidade e de todo o país. Em 2020 vamos celebrar a diversidade do nosso Carnaval, que é uma síntese do carnaval do Brasil”, destaca o secretário municipal de Cultura, Alexandre Youssef.

Desde agosto deste ano, a Comissão Intersecretarial da Cidade de São Paulo vem realizando o maior processo de escuta e diálogo da história do Carnaval da cidade por meio de seminários regionais e diversos encontros com organizadores de blocos, moradores, comerciantes e membros da sociedade civil, para identificar as principais demandas de cada região da capital. Em 2019, o Carnaval de Rua de São Paulo contou com mais de 500 blocos em todas as regiões da cidade.

 Após o processo de cadastramento dos blocos que será iniciado em setembro, a Comissão Intersecretarial da cidade fará a análise dos trajetos propostos e os ajustes caso a caso, se necessário. Ao final, será publicada uma portaria única com as autorizações de trajetos.

Ações do documento

Vídeos

SPLICA - Transferência de Multas

Ver agenda completa