Notícias

Prefeito vistoria áreas atingidas por alagamentos na Vila Prudente, Zona Leste da capital

Subprefeitura local tem intensificado as ações de limpeza das vias com uma equipe composta por cerca de 200 funcionários

De Secretaria Especial de Comunicação

O prefeito Bruno Covas, o secretário municipal das Subprefeituras, Alexandre Modonezi, e o subprefeito da região, José Antônio Varela Queija, vistoriaram na manhã desta quinta-feira (14) alguns pontos que foram afetados pelas fortes chuvas que castigaram a região da Vila Prudente, na Zona Leste da capital, no último domingo (10) e na madrugada de segunda-feira (11).

A Subprefeitura local tem intensificado as ações de zeladoria com 10 equipes e cerca de 200 funcionários que atuam na varrição, recolhimento de itens volumosos e lavagem das vias.

Bruno Covas iniciou as vistorias na rua Guamiranga, próximo da estação Tamanduateí do metrô, e seguiu para rua Tujupi e Avenida Francisco Mesquita, onde conversou com alguns moradores para entender as demandas de cada um.

A vistorias foram finalizadas em uma comunidade na rua João Afonso, onde o prefeito conversou com comerciantes e acompanhou o trabalho de varrição e retirada de lama feito por profissionais da Subprefeitura da Vila Prudente, além de dialogar com comerciantes.

Dados gerais sobre o trabalho da Prefeitura

A Prefeitura de São Paulo publicou no Diário Oficial da cidade da última quarta-feira (13) um decreto de situação de emergência delimitando as áreas afetadas pelas enchentes ocorridas desde a noite do último domingo (10) até a manhã da segunda-feira (11), devendo os setores competentes adotar, de imediato, as providências destinadas à realização de obras, contratação de serviços e compras necessárias.

Assistência Social

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) vem prestando acolhimento às vítimas das enchentes na sua rede socioassistencial e oferecendo insumos como cestas básicas, kits higiene e limpeza, colchões e cobertores aos desabrigados. Já foram atendidas 1.328 famílias, além da distribuição de 5.016 colchões, 4.940 cobertores, 1.663 kits de higiene, e 1.709 cestas básicas.

Pela extensão das áreas atingidas, a SMADS realocou parte da equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS) para uma ação de força tarefa nas regiões mais afetadas, como a Vila Prudente, Ipiranga, São Mateus, Sapopemba, Guaianases, Parelheiros e Grajaú.

Atendimentos de Saúde

Por conta dos alagamentos que atingiram diferentes pontos da capital paulista nos últimos dias, as Unidades de Vigilância em Saúde (UVIS), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), estão reforçando as orientações, que já fazem parte da rotina, sobre os cuidados em áreas propícias a alagamento e sintomas de doenças como a leptospirose.

As equipes dos serviços de saúde das regiões atingidas por alagamentos e os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), que atuam diretamente com as comunidades por meio de visitas regulares, estão empenhados na orientação correta sobre os cuidados para evitar contaminações.

Sintomas:

É importante que a população fique atenta a sintomas e procure um serviço de saúde caso apresente:

  • Febre

  • Calafrios

  • Diarreia

  • Náuseas e vômitos

  • Icterícia (olhos e pele amarelados)

  • Fezes claras

  • Urina escura

  • Ferimentos

  • Fraqueza e cansaço

  • Falta de apetite

  • Sangramentos

Nesses casos, reportar ao médico que teve contato com água da enchente.

A população atingida pelos alagamentos deve ainda verificar se a carteira de vacinação está atualizada e, havendo dúvidas, procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima.

Zeladoria

As equipes de varrição concentram esforços nos principais pontos de alagamentos, priorizando os serviços de coleta de entulho, volumosos e lavagem das vias usando água reutilizável.

Todos os pontos já foram atendidos, e as principais vias e situações emergenciais já foram sanadas. A estimativa é que as equipes de limpeza trabalhem nos locais atingidos até o fim da semana com o auxílio de caminhões de hidrojato.

Previsão para os próximos dias

O tempo segue instável nos próximos dias com as chuvas na forma de pancadas concentradas no período das tardes.

Na sexta-feira (15) o sol aparece entre nuvens com termômetros variando entre mínimas de 20ºC e máximas que podem chegar aos 27ºC. Mesmo assim, as áreas de instabilidade continuam atuando sobre a Grande São Paulo, o que gera muitas nuvens e deixa o tempo instável com as chuvas na forma de pancadas que seguem concentradas entre a tarde e a noite.

O sábado (16) deve apresentar sol entre nuvens e temperaturas em elevação. As mínimas oscilam em torno dos 19°C, enquanto as máximas podem chegar aos 26°C. As chuvas devem ocorrer na forma de pancadas, principalmente entre o final da tarde e o início da noite.

 

Ações do documento