Notícias

Parque Alfredo Volpi é adotado pela iniciativa privada

Medida permite que parques municipais recebam melhorias de infraestrutura, ambientais e paisagísticas sem custo para a Prefeitura de SP

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo firmou nesta sexta-feira (28) um convênio para a adoção do Parque Alfredo Volpi, no Morumbi, na Zona Sul. A Rede D’Or São Luiz, administradora do Hospital São Luiz, será a responsável pela área verde. A medida tem o objetivo de melhorar o manejo, a manutenção e a segurança do parque.

“A nossa obrigação é encontrar solução para os problemas da cidade e atender aquilo que a população precisa, mas com 107 parques em situação ruim, muitos inclusive fechados com cadeados no portão porque não tinham segurança, não tinham nada. E o [Gilberto] Natalini vem fazendo um esforço sobre-humano. Nós temos que garantir que os parques estejam em condições adequadas, de imediato, para o uso da população”, disse o prefeito João Doria.

Os serviços de manutenção dos 107 parques públicos custam aproximadamente R$ 100 milhões por ano. Apesar desta verba, ao assumir a pasta no início do ano, o secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), Gilberto Natalini, encontrou locais sem contratos que assegurassem a preservação ambiental e a infraestrutura dos espaços.

“O quadro que encontramos em quase todos os espaços foi o mais desolador possível, com mato alto e ausência de equipes para manejo, manutenção e segurança. Parcerias como essa permitem que os devolvamos em boas condições aos moradores e visitantes da cidade”, afirma.

Com a adoção, a Rede D’Or São Luiz passa a ser responsável pelo manejo, pela manutenção e a segurança do local, em um convênio por um período de 12 meses no valor aproximado de R$ 1,3 milhão. A entrada e os serviços que funcionam no parque, como o estacionamento oferecido ao público, continuam sendo gratuitos.

A adoção dos parques municipais permite que os espaços recebam melhorias urbanas, ambientais e paisagísticas sem custo para a Prefeitura, semelhante ao que acontece no programa “Adote uma Praça”. Para isso, as empresas e entidades interessadas firmam um termo de cooperação, assumindo o compromisso de cuidar do espaço durante um período.

“Acreditamos que é responsabilidade de todos construir uma cidade melhor. Entendemos que também é nosso papel, como cidadãos, colaborar com a conservação dos espaços públicos e incentivar a população a praticar atividades físicas como forma de promoção à saúde, prevenção de doenças e melhoria da qualidade de vida”, diz José Jair de Arruda Pinto, diretor executivo da regional São Paulo da Rede D’Or São Luiz.

Parque Alfredo Volpi
O parque Alfredo Volpi foi inaugurado em 27 de abril de 1971 com o objetivo de garantir a preservação ambiental de uma região remanescente de Mata Atlântica. A área de 142.400 m² pertencia à Fazenda Morumby, de propriedade do Inglês John Rudge, que se dedicava ao plantio de chá. Localizado entre os bairros do Butantã e do Morumbi, o Parque Alfredo Volpi recebe semestralmente uma média de 2 mil crianças de escolas da região. Aos finais de semana, o público chega a 500 pessoas. 

O espaço oferece trilhas, área para piquenique, parque infantil e equipamentos de ginástica, estacionamento aos frequentadores e área de preservação e reposição florestal.

Também são oferecidas atividades de Educação Ambiental, que inclui a coleta e seleção lixo, coleta de sementes para beneficiamento e posterior plantio, além do programa permanente de trilhas monitoradas.

Por sua importância à biodiversidade, o parque passa por dois processos para seu tombamento, que tramitam junto ao Departamento do Patrimônio Histórico da Secretaria Municipal da Cultura, com prazo de resposta até março do próximo ano.

Biodiversidade
Situado em uma área de várzea, próximo à margem esquerda do rio Pinheiros, o Parque Alfredo Volpi possui quatro nascentes perenes que abastecem seus três lagos e outros ocasionais, que surgem na época das chuvas. Essa água escoa para o córrego Engenheiro Oscar Americano, que desemboca no Rio Pinheiros.

O parque possui um bosque com mata fechada que abriga grande biodiversidade. Jequitibás, cedros, jatobás, samambaias-açu e outras espécies da flora convivem com mais de 80 espécies de aves, muitas nativas da Mata Atlântica, como tucano-de-bico-verde e saíra-da-mata.

A área conta ainda anfíbios e pequenos mamíferos, como a preguiça de três dedos, o sagui de tufo preto e o caxinguelê. Alguns animais que habitavam os lagos, como os anatídeos, lagostins, carpas e outros peixes, tiveram que ser retirados do local por falta de contrato de manutenção.


Serviço: Parque Alfredo Volpi
Endereço: Rua Engenheiro Oscar Americano, 480 – Morumbi
Horário de funcionamento: Das 6h às 18h


Ações do documento