Notícias

Pandemia: ações da Prefeitura nas áreas de desenvolvimento econômico e trabalho

Objetivo é ajudar a população a enfrentar o período

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura tem feito diversas ações na área de desenvolvimento econômico e trabalho para ajudar a população durante o período de pandemia. Por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, já forma reabertas 21 unidades do Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo, para ajudar a população que está com dificuldade para habilitar o seguro-desemprego e fazer a formalização como Microempreendedor Individual (MEI). Os serviços são agendados pela Central 156 ou pela internet no Portal SP156 no endereço https://sp156.prefeitura.sp.gov.br para não haver aglomeração e evitar o risco de contágio pelo coronavírus. O atendimento para solicitar o auxílio emergencial do governo federal foi encerrado em 2 de julho.

Unidades do Cate com atendimento emergencial, das 10h às 16h. Somente com agendamento:

Unidades do Cate

Zona Central

Cate Central - Av. Rio Branco, 252

Zona Norte

Cate Brasilândia - Av. João Marcelino Branco, 95
Cate Jaçanã - Rua Luis Stamatis, 300
Cate Perus - Rua Ylídio Figueiredo, 349
Cate Santana - Av. Tucuruvi, 808
Cate Jaraguá - Estrada de Taipas, 990

Zona Sul

Cate Cidade Ademar - Av. Yervant Kissajikian, 416
Cate Interlagos - Av. Interlagos, 6122
Cate Jabaquara - Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 2314
Cate Campo Limpo - Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 65
Cate Capela do Socorro - Rua Cassiano dos Santos, 499

Zona Leste

Cate Cidade Tiradentes - Rua Milagre dos Peixes, 357
Cate Itaquera - Rua Augusto Carlos Bauman, 851
Cate Sapopemba - Av. Sapopemba, 9064
Cate Itaim Paulista - Av. Marechal Tito, 3012
Cate São Mateus - Av. Ragueb Chohfi, 1400
Cate São Miguel Paulista - Rua Dona Ana Flora Pinheiro de Souza, 76
Cate Penha - Rua Candapuí, 492
Cate Vila Prudente - Av. do Oratório, 172
 

Zona Oeste

Cate Butantã - Rua Doutor Ulpiano da Costa Manso, 201
Cate Lapa - Rua Guaicurus, 1000

 Mais informações

Vagas de emprego

A Prefeitura mobilizou as equipes do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (Cate) e da Agência São Paulo de Desenvolvimento (Ade Sampa) para realizar processos seletivos, on-line e presencial, para unidades hospitalares que irão atender os pacientes do coronavírus. Foram mais de 60 mil currículos recebidos desde o final do mês de março, de candidatos interessados em uma das mais de 13 mil vagas.

Outros setores

Para apoiar a população que necessita trabalhar neste momento de crise, a Secretaria está ajudando no processo seletivo de setores que durante a crise aumentaram seus quadros como as empresas de saúde, varejo, call center e entregas. Um dos processos realizados para esse segmento envolveu uma rede de entregas por aplicativo para 50 vagas de shopper, aquelas pessoas que selecionam e finalizam as compras em supermercados para que o cliente não precise sair de casa.

Mais informações

Mais informações

Durante a aplicação de provas e entrevistas realizadas na unidade do Cate Central, foram seguidas as todas as recomendações dos órgãos de saúde quanto ao distanciamento social entre os candidatos e outros cuidados para preservar a saúde das equipes e participantes do processo seletivo.

Retomada dos Setores Econômicos
Visando a retomada econômica da cidade, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, está recebendo propostas de reabertura de estabelecimentos da capital. Cada entidade setorial envia a sua proposta de retomada para a Prefeitura de São Paulo. Encontrando-se formalmente adequada à proposta, a Secretaria apresentará sua manifestação e a encaminhará para análise da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (COVISA), que analisará o protocolo sanitário, nos seus aspectos técnicos, e apresentará sua manifestação favorável, favorável com alterações ou desfavorável e encaminhará o processo para a Casa Civil do Gabinete do Prefeito.

Confira os protocolos sanitários que já foram assinados pela Prefeitura de São Paulo com as entidades setoriais:

Clique aqui

Costurando pela Vida
A ação tem um investimento de R$ 7,5 milhões para selecionar entidades sociais para a produção dos equipamentos de proteção da área da saúde.

A expectativa é que sejam produzidas mais de 1 milhão de máscaras para profissionais da saúde e da assistência social, além de 427.200 aventais, toucas, propés e máscaras. Serão aceitas propostas que solicitem apoio financeiro de R$ 50 mil a R$ 800 mil. As propostas recebidas estão sendo analisadas pela comissão de avaliação da Coordenadoria de Desenvolvimento Econômico.

Mais informações

Segundo edital publicado

Produção da máscara nº 1 milhão

Costurando pela Vida – pequenos empreendedores
A Prefeitura abriu, no dia 30 de abril, um novo edital no valor de até R$ 3 milhões para selecionar microempresas, empresas de pequeno porte, microempreendedor individuais e cooperativas para a confecção de 1 milhão de máscaras de algodão, seguindo o padrão adotado pela Anvisa. Os equipamentos serão utilizados por servidores municipais, em especial os atendentes e a população que for ao Cate que abriu 13 unidades para auxiliar as pessoas na obtenção do auxílio emergencial e do seguro-desemprego.

Saiba mais

Doação das primeiras 100 mil máscaras

Distribuição de máscaras e kits de higiene em 12 aldeias indígenas da capital

Cozinhando pela Vida
A iniciativa pretende contratar organizações da sociedade civil para a produção de almoço e janta para a população vulnerável. Com um aporte de R$ 1,7 milhão, o projeto visa produzir 3 mil refeições ao dia, totalizando 180 mil pratos no período de dois meses. As propostas recebidas estão sendo analisadas pela comissão de avaliação da Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional.

Mais informações

Atendimento aos empreendedores
A Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, está atendendo os empreendedores da capital por meio de telefone, whatsapp e e-mail durante o período que as unidades do Cate e as Subprefeituras estiverem fechadas. Pelos canais de atendimento, o empreendedor consegue tirar dúvidas sobre emissão de nota fiscal e outros documentos, além de fazer a formalização do seu negócio como MEI – Microempreendedor Individual. Em apenas três semanas de teleatendimento, mais de 65 mil empreendedores já buscaram os serviços e orientações oferecidas.

Saiba mais

O setor de artesanato e manualidades também está sendo atendido por estes canais. Os artesãos podem tirar dúvidas sobre linhas de crédito, acesso aos auxílios emergenciais, além de se cadastrar para os cursos e atividades oferecidas.

Mais informações

Lives para empreendedores
A Ade Sampa está realizando diversas lives com empreendedores e entidades em variados temas que apoiam os micro e pequenos empresários a enfrentar o período de crise em virtude do coronavírus. Mais de 7 mil pessoas já acompanharam as qualificações on-line. Para acompanhar e consultar a programação completa acesse: www.facebook.com/adesampaoficial

Parceria com o Banco do Povo
A Prefeitura, em parceira com o Banco do Povo, programa de microcrédito do Governo do Estado de São Paulo, realiza o teleatendimento a empreendedores na divulgação da linha de crédito para micro e pequenas empresas enfrentarem os efeitos econômicos da pandemia de coronavírus. A Ade Sampa apresenta por telefone, whatsapp e e-mail as linhas de microcrédito, condições e processos para cadastramento do pedido de crédito. Já o Banco do Povo é responsável pelo estabelecimento das linhas, análise e concessão do crédito.

Saiba mais

Aceleração de startups
Por meio da Ade Sampa, a Prefeitura lançou uma iniciativa para apoiar startups que estão produzindo soluções tecnológicas imediatamente aplicáveis no combate aos efeitos econômicos do coronavírus. Serão selecionados 10 projetos de empresas da capital paulista e cada um receberá o valor de R$ 100 mil, além de um processo de mentoria de dois meses. A ação dará suporte à rápida implementação de soluções e na estruturação de um modelo de negócio que reduza os impactos econômicos da crise, garantindo a preservação de empregos no município e a geração de renda da população.

Mais informações sorbe o edital

Confira as startups selecionadas

Encerramento da Aceleração

Cartilha de formalizaçao como MEI para imigrantes
Em comemoração ao Dia do Imigrante, celebrado em 25 de junho, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho lançou uma cartilha com o passo a passo para imigrantes se formalizarem como MEI – Microempreendedor Individual. O documento foi traduzido para francês, espanhol e inglês com o apoio da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania. A partir da data, a Ade Sampa passou a atender também imigrantes e refugiados em seus canais de atendimento on-line.

Saiba mais

Capacitação on-line para professores de moda
A Prefeitura, em parceria com o Fashion Revolution Brasil e o British Council, realizaram uma sessão de treinamento on-line para professores da cidade no setor de moda. A ação faz parte do Programa Educacional Jovens Revolucionários, que tem como objetivo desenvolver, a partir do intercâmbio e colaboração de educadores do Brasil e do Reino Unido, materiais educativos para sensibilizar estudantes da cadeia da moda.

Mais informações

Aceleração Vai Tec
A Prefeitura de São Paulo está com edital aberto para as inscrições para o novo edital do Vai Tec – programação de valorização de iniciativas tecnológicas que acelera e impulsiona negócios inovadores das periferias da cidade. Em sua quinta edição, o programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho irá apoiar e desenvolver 24 projetos, com aporte financeiro de R$ 34.200,00 e aceleração de oito meses para cada negócio vencedor do edital. As propostas podem ser enviadas até 30 de junho.

Saiba mais

Prorrogação do edital

Aceleração Ligue os Pontos
A Prefeitura de São Paulo, por meio do Projeto Ligue os Pontos e da Ade Sampa, entidade ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, acelerou 8 negócios relacionados à agroecologia e ecoturismo no extremo sul da cidade. A capacitação faz parte do Concurso Ligue os Pontos, onde oito empreendedores das regiões de Capela do Socorro e Parelheiros receberam R$ 35 mil cada para desenvolver ideias inovadoras que aumentem a produtividade e a competitividade dos negócios locais, fortalecendo a agricultura, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico da zona sul rural e melhorando a condição de vida da população.

Saiba mais

Encerramento da Aceleração

Mapeamento Green Sampa
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho lançou uma plataforma de mapeamento de iniciativas verdes da capital. A iniciativa, que faz parte do programa Green Sampa, operado pela agência Ade Sampa, tem como objetivo fomentar negócios sustentáveis, tecnologias verdes e qualificação profissional, promovendo o desenvolvimento econômico sustentável do município. As inscrições podem ser feitas até 19 de agosto.

Saiba mais

Prorrogação das inscrições

Seleção de entidade para gestão do Teia Heliópolis e Jardim Edite
Com a rertomada da economia e a dificuldade de empreendedores de periferia conseguirem estruturar o próprio negócio, a Prefeitura de São Paulo está ampliando número de coworkings públicos que também contam com palestras, cursos e mentorias. Dois novos Teias, espaços de trabalho compartilhado, estão programados para serem inaugurados em julho em Heliópolis e no Jardim Edite, ambas na zona sul da capital. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, por meio da Ade Sampa, é responsável pela contratação de uma entidade gestora, com experiência em empreendedorismo local, para gerir os espaços.

Saiba mais

Prorrogação das inscrições

Inauguração do Teia Jardim Edite

A Prefeitura inaugurou o sexto coworking público da cidade de São Paulo. A nova unidade do Teia é operado pela Ade Sampa e leva gratuitamente aos empreendedores de periferia toda a infraestrutura de um moderno escritório com o diferencial da realização de cursos, palestras e ampliação da rede de contatos. Instalado no conjunto habitacional Jardim Edite, zona sul da capital, o Teia tem como foco a vocação gastronômica. O local já conta com uma cozinha que integra a rede Cozinha Escola da Secretaria e é utilizada pela cooperativa Misturas & Sabores composta por 10 cozinheiras que utilizam o espaço para a produção de marmitas e refeições comercializadas na região. Com o novo espaço, a cooperativa terá acesso a orientações e capacitações para fortalecer ainda mais suas atividades.

Saiba mais

Seleção de entidade para gestão do Parelheiros
A Prefeitura está selecionando uma nova entidade gestora do Teia Parelheiros, coworking público localizado no extremo sul da cidade de São Paulo. O espaço foi instalado pela Ade Sampa, em parceria com o Projeto Ligue os Pontos e oferece aos agricultores e empreendedores da cidade ações de empreendedorismo, mentorias e toda a estrutura física de um escritório compartilhado. 

Saiba mais

EAD – Portal de ensino a distância
O Portal do Cate foi fortalecido durante o período e quarentena e é outro recurso gratuito que disponibiliza dezenas de capacitações por meio de vídeo-aulas e também dicas e inspirações para o cidadão escolher uma profissão ou optar pelo empreendedorismo. Os alunos que finalizarem as capacitações terão direito a certificados emitidos automaticamente pela plataforma. A Fundação Paulistana, por meio do Portal do Cate, está oferecendo conteúdos sobre gestão de negócios e inspiração para quem busca autonomia financeira. Transmissões ao vivo, podcasts, vídeos e textos com dicas podem ser acessados gratuitamente no endereço www.cate.prefeitura.sp.gov.br

Escola Makiguti
Desde 27 de abril, os 1.500 alunos matriculados na Escola Makiguti passaram a ter aulas em um ambiente virtual preparado para receber as aulas. Por meio da plataforma Google Sala de Aula, professores e alunos podem se comunicar e dar continuidade ao ano letivo dos cursos técnicos oferecidos pela escola.

Saiba mais

Banco de Alimentos
O Programa Banco de Alimentos segue atendendo as entidades assistenciais cadastradas, encaminhando alimentos perecíveis e não perecíveis para a população em situação de vulnerabilidade. As doações que o Banco recebe são submetidas a um processo de triagem, que avalia o que está apto para o consumo antes de encaminhar os alimentos para as entidades.

Durante a quarentena do coronavírus, o Programa recebeu doações do setor privado e também de outras Secretarias, confira:

Em plena pandemia do corona vírus, Banco de Alimentos da bate recorde e doa 388 toneladas no mês de abril. O valor supera a arrecadação realizada em todo o ano de 2019, saiba mais clicando aqui

Cestas básicas do Grupo Carrefour – A rede promoveu a doação de 2.500 cestas básicas de alimentos durante a quarentena do coronavírus ao Banco de Alimentos. As cestas são compostas de arroz, feijão, açúcar, óleo de cozinha, biscoitos, dentre outros itens.

Saiba mais:

Doação das 1.400 cestas básicas em março

Doação das 1.100 cestas básicas em abril

Insumos da merenda escolar – A Prefeitura doou mais de 128 toneladas de mantimentos que estavam parados nas Escolas Municipais durante a quarentena. A maior parte foi direcionada para as entidades assistenciais cadastradas do Banco, enquanto o restante foi encaminhado para 38 Centros Temporários de Acolhimento, da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social. Saiba mais

Programa de Combate ao Desperdício e à Perda de Alimentos – O programa continua recolhendo frutas, verduras e legumes que estão em boas condições de consumo e encaminhando a coleta para as associações que estão em atividade. Entre março e abril, a iniciativa coletou mais de 9 toneladas de alimentos nas feiras livres em que o Programa participa. Saiba mais

 

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Merenda Escolar Sustentável