Notícias

Na linha de frente: conheça a rotina da enfermeira Luciana Harumi

O novo episódio do Construindo Histórias mostra os desafios dos profissionais do SAMU

De Secretaria Especial de Comunicação

Devido ao cenário de pandemia mundial de covid-19, os profissionais de saúde têm sua atuação ainda mais intensificada. Assim como os médicos e demais trabalhadores da área, os enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ajudam a salvar vidas realizando um serviço de socorro pré-hospitalar.

Luciana Harumi, que trabalha na Central de Operações do SAMU, é uma das milhares de profissionais que tiveram suas rotinas e de seus familiares alteradas por causa do novo coronavírus. “Eu moro com meus pais, mas quando comecei a atender pacientes com covid-19, eles foram morar no interior. Eles são do grupo de risco, meu pai é transplantado renal e minha mãe é hipertensa e pré-diabética”, contou.

Luciana intensificou os estudos para garantir um atendimento mais adequado à população. “Eu busco sempre fazer cursos, ler artigos e me manter atualizada sobre a situação atual. Além do atendimento, trabalhamos para prestar um apoio a família e ao próprio paciente, que fica assustado com suas condições", explicou.

Acompanhe um dia de trabalho da Luciana e de outros profissionais em mais um episódio da série Construindo Histórias.

Ações do documento