Notícias

Mulheres com filhos devem ter preferência para o teletrabalho na volta às atividades

Concessionárias e escritórios de prestação de serviços voltam a atender presencialmente nesta sexta-feira

De Secretaria Especial de Comunicação

Entre as determinações dos protocolos assinados nesta quinta-feira (04) entre a Prefeitura de São Paulo e os setores das concessionárias de veículos e escritórios de prestação de serviços para a retomada dos atendimentos presenciais está que as empresas se comprometeram a evitar a demissão das mulheres que possuem filhos, já que as escolas ainda não reabriram. Para isso, elas deverão ser as últimas a serem convocadas para o retorno ao trabalho e terão prioridade nas atividades que possam ser realizadas remotamente.

“Está previsto que as mães serão as últimas a serem chamadas para o trabalho presencial. O quanto elas puderem ficar em home office e teletrabalho será estimulado”, disse o prefeito Bruno Covas. “Quando isso não puder ser feito, as empresas podem providenciar creches ou até mesmo a utilização da legislação federal para que não haja demissão, mas suspensão do contrato de trabalho. Todas essas possibilidades estão previstas nesses acordos assinados hoje”, concluiu Covas.

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Merenda Escolar Sustentável

Ver agenda completa