Notícias

Isolamento social: Capital registrou 38% na última quarta-feira (9)

Cidade continua em quarentena. Novo coronavírus é um inimigo invisível, que ainda está presente

De Secretaria Especial de Comunicação

O Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP), do Governo de São Paulo, apontou que a cidade de São Paulo registrou o índice de 38% de isolamento social na última quarta-feira (9). No início de dezembro, todo o estado de São Paulo retornou para a fase amarela do Plano São Paulo, endurecendo as restrições para evitar aglomerações e o contágio do vírus.

“Infelizmente nós ainda estamos vivenciando uma pandemia, que vem mostrado nas últimas três semanas um aumento nas médias móveis de mortes, de internações e de casos. Portanto, nós não estamos no final da pandemia e, por isso, temos que estar vigilantes com a velocidade de instalação de novos casos, mortes e internações”, disse o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn.

O novo coronavírus é um inimigo invisível, que ainda está presente. Não é hora de baixar a guarda, mas sim retomar os cuidados com os protocolos de higiene e segurança. Se puder, fique em casa, mas se sair, use máscara cobrindo o nariz e a boca (mesmo nos dias mais quentes), limpe as mãos com frequência, mantenha o distanciamento social e evite aglomerações. Essas são as medidas essenciais para o controle da doença.

Especialistas do Centro de Contingência do coronavírus ressaltam que a exigência do isolamento social continua, sobretudo para as pessoas de grupos de risco (como maiores de 60 anos, portadores de doenças cardíacas e/ou crônicas e pacientes imunodeprimidos ou em tratamento oncológico).

“A nossa população deve continuar seguindo os preceitos sanitários de não se aglomerarem, de usarem máscaras, de procurarem ficar em casa e, quando necessário, saírem com responsabilidade”, disse o secretário.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foram registrados 429.324 casos confirmados e 15.505 óbitos pela doença na capital. Outros 630.742 casos e 6.137 óbitos estão em investigação.

“É preciso ter muita atenção aos cuidados neste mês de dezembro. Aquelas frases de boas festas precisam ser substituídas por fique em casa, evite a aglomeração de pessoas. Caso exista a necessidade de uma visita, aos seus pais e avós, ela pode ser feita mantendo os protocolos, com distanciamento, máscaras e um tempo de exposição curto, que faz com que a taxa de contágio seja menor”, alertou o coordenador do Centro de Contingência Covid-19, José Medina.

 

SIMI-SP
A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. O SIMI-SP é viabilizado por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que o Governo de São Paulo possa consultar informações agregadas sobre deslocamento no Estado. As informações são aglutinadas e anonimizadas, sem desrespeitar a privacidade de cada usuário. Os dados de georreferenciamento também servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus.

Leia também:

Coronavírus: Confira as principais notícias publicadas no site da Prefeitura

 

Ações do documento