Notícias

Hospital Mário Degni recebe selo de “Hospital Amigo da Criança”

Certificação é resultado do trabalho em prol do aleitamento materno, saúde da gestante e do recém-nascido

De Secretaria Especial de Comunicação

O Hospital Mário Degni, localizado na região do Rio Pequeno, Zona Oeste da cidade, foi reconhecido com o selo “IHAC – Iniciativa Hospital Amigo da Criança”, na última sexta-feira (01).

Criada em 1990 pela Organização Mundial da Saúde e pela UNICEF, a iniciativa tem por objetivo promover o aleitamento materno, garantindo que os hospitais-maternidade se organizem para treinar os profissionais, alterar suas condutas e garantir todo o acolhimento para a gestante e o bebê, pré e pós-parto, visando à diminuição dos índices de desamamentação.

O Hospital Mario Degni já havia recebido essa certificação em 2003 e, neste ano, foi recertificado com 100% de aprovação nos 10 Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno.

Esta certificação ocorreu no mesmo período em que Dr. Rodrigo Antonio Chaves Meireles, médico e ex-coordenador da UTI adulto do Hospital Mário Degni, foi reconhecido com um elogio cadastrado no CREMESP.

Confira abaixo os passos para o sucesso do aleitamento materno:

Passo 1 - Ter uma política de aleitamento materno escrita que seja rotineiramente transmitida a toda equipe de cuidados de saúde;
Passo 2 - Capacitar toda a equipe de cuidados de saúde nas práticas necessárias para implementar esta política;
Passo 3 - Informar todas as gestantes sobre os benefícios e o manejo do aleitamento materno;
Passo 4 - Ajudar as mães a iniciar o aleitamento materno na primeira meia hora após o nascimento; conforme nova interpretação: colocar os bebês em contato pele a pele com suas mães, imediatamente após o parto, por pelo menos uma hora e orientar a mãe a identificar se o bebê mostra sinais de que está querendo ser amamentado, oferecendo ajuda se necessário;
Passo 5 - Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação mesmo se vierem a ser separadas dos filhos;
Passo 6 - Não oferecer a recém-nascidos bebida ou alimento que não seja o leite materno, a não ser que haja indicação médica e/ou de nutricionista;
Passo 7 - Praticar o alojamento conjunto - permitir que mães e recém-nascidos permaneçam juntos – 24 horas por dia;
Passo 8 - Incentivar o aleitamento materno sob livre demanda;
Passo 9 - Não oferecer bicos artificiais ou chupetas a recém-nascidos e lactentes;
Passo 10 - Promover a formação de grupos de apoio à amamentação e encaminhar as mães a esses grupos na alta da maternidade; conforme nova interpretação: encaminhar as mães a grupos ou outros serviços de apoio à amamentação, após a alta, e estimular a formação e a colaboração com esses grupos ou serviços.

 

Ações do documento