Notícias

Fundação Paulistana completa 18 anos com mais de 100 mil qualificações gratuitas na cidade de São Paulo

Os cursos de gastronomia, tecnologia da informação, manutenção de bikes, saúde, entre outros acontecem em todas as regiões

De Secretaria Especial de Comunicação

A Fundação Paulistana de Educação, Tecnologia e Cultura instituída por lei iniciou as atividades em maio de 2004. Desde 2015 está vinculada à secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho pelo seu olhar da empregabilidade e geração de renda. A entidade já realizou mais de 100 mil atendimentos e qualificações gratuitas, em todas as regiões da cidade, com forte atuação nas periferias.


Com olhar voltado para o futuro do trabalho e desenvolvimento local, os cursos, oficinas e workshops passaram a contemplar 6 eixos: Economia Criativa, Meio Ambiente, Saúde e Bem Estar, Gestão, Trabalho e Empreendedorismo, Gastronomia e Tecnologia da Informação.


A entidade é responsável pela gestão de dois importantes equipamentos públicos em Cidade Tiradentes, extremo da zona leste: a Escola Municipal de Educação Profissional e Saúde Pública Prof. Makiguti, referência em ensino na cidade, e o Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (CFCCT), o maior da região com foco em formação profissional.


A Makiguti, como é conhecida a escola já formou mais de 14,6 mil alunos. Os cursos técnicos oferecidos são de Saúde Bucal, Farmácia, Análises Clínicas, Gerência em Saúde, Hemoterapia e Cuidados de Idosos. Em agosto de 2021 foi inaugurada a Makiguti Norte I, o primeiro polo descentralizado, na zona norte.


O CFCCT é o maior equipamento cultural da cidade, situado na zona leste, com mais de 30 mil metros quadrados. O Centro oferece à população atividades artística e esportivas; e de formação profissional, lazer e meio ambiente.

“A Fundação Paulistana tem como missão empoderar e transformar vidas. Muito além da capacitação profissional, as pessoas passam a enxergar as suas competências emocionais, o que as diferenciam no mercado de trabalho. Parabéns, Fundação!”, ressalta a secretária municipal de desenvolvimento econômico e trabalho, Aline Cardoso.


“Há 18 anos, a Prefeitura por meio da Fundação Paulistana promove e estimula a educação profissional, o trabalho e a cultura, visando o desenvolvimento social, tecnológico, territorial e econômico para reduzir as desigualdades sociais”, afirma a diretora geral da Fundação Paulistana, Maria Eugenia Ruiz Gumiel.

Grandes marcos da Fundação Paulistana:


Ensino Médio Técnico

O novo modelo de Ensino Médio é composto pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e os itinerários formativos. A Fundação Paulistana em parceria com a secretaria de Educação é responsável pelo itinerário técnico, na rede municipal de ensino com cursos nas áreas de informática, gerência em saúde, marketing e contabilidade, que têm como objetivo preparar os alunos para o mercado de trabalho.

Tecnologia da Informação

A Fundação Paulistana tem um programa voltado para a tecnologia da informação, o StarTI, que nos últimos dois anos já qualificou mais de 1.200 alunos de 15 a 29 anos, a grande maioria negros e mulheres das periferias. São cursos de Montagem e Manutenção de Computadores, Introdução à Programação Web, Atendimento ao Cliente com a plataforma Zendesk, construídos e pensando nas demandas do futuro do trabalho.

Até julho deste ano, mais 1.500 alunos serão qualificados em uma parceria com o Facebook, Cel Lep e portal do Cate. São oferecidos seis cursos gratuitos que vão de desenvolvimento de apps e sites a inglês experimental para programadores.

Moda e Costura

Iniciados em 2017, os cursos de Moda e Costura proporcionam uma formação completa, que vai desde o Módulo Básico ao Avançado, além de uma parceria com o São Paulo Fashion Week, por meio do Programa Fashion Sampa, da SMDET. Mais de 800 pessoas passaram pelas qualificações.

Gastronomia

O Programa Cozinha Escola tem a finalidade de promover qualificação profissional gratuita em curto prazo, por meio de cursos, oficinas e workshops. O objetivo é atender às demandas do mercado de trabalho, com foco no desenvolvimento de produtos e de técnicas culinárias, proporcionando rápido o acesso ao mercado, com geração de renda e empreendedorismo. Mais de 26,5 mil alunos já passaram pelas formações.

Programa Elabora

Desde 2019, mais de 15 mil pessoas já passaram pelas oficinas do Elabora, que faz parte das ações de qualificação profissional e tem como objetivo principal o desenvolvimento de competências e habilidades técnicas e comportamentais.

Serviço:
fundacaopaulistana@prefeitura.sp.gov.br
Linketree 

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
Telefones: 3113-8835/ 3113-8831
E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Sala de Imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Educomunicação

Ver agenda completa