Notícias

Fontes históricas do Mirante Nove de Julho são revitalizadas

Reforma dos chafarizes foi realizada por meio do Consórcio Belvedere como parte da contrapartida pela utilização do espaço

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo entregou nesta sexta-feira (2) as fontes históricas do Mirante Nove de Julho totalmente revitalizadas. A reforma dos chafarizes, que é parte das ações do programa SP Cidade Linda, foi realizada por meio do Consórcio Belvedere, com o apoio da Qualicorp, em um investimento total de R$ 450 mil. A última restauração das fontes havia sido feita em 2006.

Os dois chafarizes, localizados em ambos os lados da Avenida Nove de Julho, estavam desativados havia 10 anos. Eles integram o complexo, inaugurado em 1938 para que o público pudesse observar o Centro de São Paulo a partir da Avenida Paulista. Porém, quando a região se verticalizou e ganhou novos ícones culturais e históricos, como o Museu de Arte de São Paulo (MASP), o mirante acabou sendo desativado.

“Estamos entregando os chafarizes com a iluminação, a recuperação de toda a parte hidráulica e elétrica que tinha sido vandalizada. Infelizmente roubaram até mesmo os canos que existiam. Isso não vai acontecer mais pois já temos as câmeras de segurança instaladas e também a presença da Guarda Civil Metropolitana”, disse o prefeito João Doria.

Em 2015, a área dos mirantes foi reformada e reaberta pelo Consórcio Belvedere que, em contrapartida pela utilização do espaço, fez a reforma.

No início deste ano, testes feitos nos chafarizes detectaram vazamentos nos encanamentos, falhas na impermeabilização e falta de cabeamentos. As obras para melhorias estruturais nos sistemas hidráulico e elétrico começaram em fevereiro.

As fontes utilizam 240 mil litros de água de reuso. Elas receberam ainda um novo paisagismo, com os arbustos buxo e clusia, mudas de agave azul, strelitzia e folhagens de Guaimbê. Também foi instalado um novo sistema de iluminação, com 4 projetores.

Sobre o Mirante
Com área total de 400 metros quadrados, o Mirante Nove de Julho foi revitalizado em 2015 sob comando do Consórcio Belvedere. Desde então, é um espaço multicultural. O local conta com cafeteria, bar, galeria subterrânea e o projeto “Mercado Efêmero”, que dá oportunidade a chefs que ainda não possuem seus próprios estabelecimentos poderem usufruir da estrutura. O Mirante ainda recebe feiras independentes, mostras de arte urbana, intervenções culturais de grupos de dança e música e sessões de cinema ao ar livre.

Túnel Nove de Julho
Em fevereiro deste ano, a Prefeitura entregou para a cidade a revitalização do Túnel Nove de Julho – Dr. Daher Elias Cutait. Inaugurada em 1938, a passagem ganhou nova pintura e novos jardins. As paredes passaram por três lavagens, que empregaram 504 metros cúbicos de água de reuso. Foi realizada raspagem, limpeza dos azulejos e corrimãos, além de pequenas reposições de alvenaria. Os funcionários pintaram 13.700 metros quadrados do túnel, que tem, no total, 1.045 metros de extensão (ida e volta). A pintura utilizou no total 4.248 litros de tinta.

São Paulo na TV

Programa Alimento Saudável - SME

Ver agenda completa