Notícias

Feira de Ciências e Tecnologia estimula a criatividade e reflexão de atendidos na Zona Leste

Evento apresenta projetos sustentáveis e práticos para serem inseridos na vida social

De Secretaria Especial de Comunicação

Foi aberta nesta quinta-feira (07/11), a 2ª Feira de Ciências e Tecnologia dos serviços que fazem parte do Centro Social Santa Luzia: Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo (CEDESP) Santa Luzia, Centros para Crianças e Adolescentes (CCAs) Santa Luzia e São Nicolau, e o Serviço de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto (MSE/MA) Santa Luzia, todos pertencentes à Supervisão de Assistência Social (SAS) Penha e ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Artur Alvim.

Com o tema “A Revolução Humana na Área Tecnológica – Meu Mundo em Transformação”, o objetivo da feira é divulgar os projetos dos cursos ofertados pelo espaço incentivando a criatividade e o interesse dos conviventes na área tecnológica em prol de ações sustentáveis.

“Esse evento proporciona duas coisas positivas na formação dos jovens: Possibilita colocar em prática os conceitos adquiridos nas aulas ao ter contato direto com as operacionalidades das funções desenvolvidas, além de propiciar uma experiência de trabalho em grupo, já que os projetos são elaborados em equipes, e eles acabam obtendo essa vivência de cooperação, trabalho conjunto e união. Isso não só os capacita como futuros profissionais, mas também como cidadãos da nossa sociedade”, declara o gerente do CEDESP, Jean Farias.

Os trabalhos em exibição pertencem às áreas de assistente administrativo e gestão de recursos humanos, cabeleireiro, corte e costura, eletricista instalador de baixa tensão, eletricista industrial, informática, manicure, montagem e manutenção de computadores e redes, organização de festas e eventos, produção multimídia e web design. As apresentações são criativas e inovadoras, gerando muito interesse, reflexão e conscientização em todos os visitantes.

Projetos como o “Banho Sustentável”, onde a água de banho pode ser reutilizada através de um sistema inteligente de manutenção de água, “Projeto Solar Sustentável”, que consegue energia e aquecimento de água através da absorção da luz do Sol e a “Casa Inteligente”, em que o morador tem a facilidade de acender e apagar luzes, abrir e fechar portas, controlar a temperatura ambiente, ligar o chuveiro ou até mesmo ligar a televisão apenas com o próprio celular, ilustram com precisão o que pode ser visto pela Feira.

Vinicius Costa, atendido do CEDESP, participou de vários desses projetos e agora possui uma nova perspectiva de como a internet pode ser útil no dia a dia. “A lição que eu tiro de tudo isso é que a tecnologia pode agregar muito. Ela está cada vez mais presente em nosso cotidiano e precisa ser usada da maneira correta. Muitas das coisas mostradas aqui eu tentarei implantar na minha vida”, finaliza Vinicius.

A feira estará aberta até sábado (09/11) e ficará aberta para famílias, crianças e jovens que tenham interesse. Nesta sexta, (08/11) a visitação será das 08h30 até 17h30. E no sábado, o horário será das 08h30 às 13h. Endereço: Rua da Padroeira, 83, Artur Alvim.

Ações do documento