Notícias

Fase Emergencial: Central de Libras e Paraoficina Móvel

Confira como será o atendimento dos equipamentos durante novo período de restrição

De Secretaria Especial de Comunicação

A partir da próxima segunda-feira (15) a cidade de São Paulo entrará na fase emergencial de enfrentamento à pandemia, seguindo as determinações do Governo do Estado. Medidas mais duras de restrição entram em vigor para diminuir a circulação de pessoas, no sentido de frear o aumento de novos casos, internações e mortes pelo coronavírus e conter a sobrecarga em hospitais na capital e em todo estado. Confira abaixo como será o funcionamento dos equipamentos administrados pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED).

As Centrais de Intermediação em Libras funcionam normalmente. Os equipamentos realizam a mediação na comunicação entre pessoas com deficiência auditiva e surdos no atendimento em qualquer serviço público instalado na cidade de São Paulo.

O serviço é coordenado pela SMPED e destinado às pessoas com deficiência auditiva e surdos usuários de serviços públicos da cidade de São Paulo. Acesse para mais informações: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/pessoa_com_deficiencia/central_de_libras/index.php?p=203752

 

Paraoficina Móvel
A parceria da SMPED com a Associação de Assistência à Criança Deficiente  (AACD) e com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para a realização da Paraoficina Móvel segue com o atendimento mensal. A iniciativa leva aos bairros da cidade van que conta com serviços gratuitos de manutenção e reparos em cadeiras de rodas, órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, como muletas, bengalas e andadores.  

Como funciona?
Os serviços contam com dois técnicos especializados em OPMs, em um veículo adaptado com mobiliário e equipamentos específicos. Os atendimentos são realizados prioritariamente nos Centros Especializados em Reabilitação (CERs), equipamentos de reabilitação da rede municipal de saúde.

No dia marcado, o munícipe deve apresentar: 

  • Cartão do SUS
  • Documento RG ou outro documento com foto.

As visitas são realizadas durante a semana, somente em dias úteis, quando poderão ser atendidas até 16 pessoas por dia, dependendo da complexidade do reparo. O horário de atendimento é das 9h às 17h.

Os serviços que não forem possíveis de realização na Paraoficina Móvel serão encaminhados para a Oficina Ortopédica da AACD Ibirapuera.

Agendamento também pelo telefone: 3913-4071

 

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Saúde Pós Covid-19