Notícias

Equipes de zeladoria da Prefeitura mantêm a estrutura da cidade

Durante o primeiro semestre, entre outras ações, foram construídos ou reformados 560 metros de galerias e recolhidas mais de 53.121 toneladas de resíduos de pontos viciados

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal das Subprefeituras (SMSUB), intensificou os serviços de zeladoria em todas as regiões da capital. O trabalho de conservação e manutenção urbana é feito de forma permanente e em todos os turnos, garantindo a qualidade do serviço, trazendo mais qualidade de vida e segurança à população, além do bom funcionamento da cidade.

São obras de pavimentação que ajudam a  garantir a qualidade viária e a segurança na mobilidade; de limpeza, reforma e construção de galerias que previnem alagamentos e serviços como a poda de árvores e conservação de áreas verdes, melhoria na iluminação pública, limpeza de córregos e piscinões, além de roçagem, limpeza de ruas e manutenção de praças.

O trabalho é realizado pelas equipes coordenadas pelas Subprefeituras e cobre toda a cidade. Na região central, por exemplo, mais de 560 metros de galerias foram construídos ou reformados, de janeiro a junho deste ano. A Subprefeitura Sé também teve como missão levar a operação tapa-buraco para vedar os 14.551 buracos apontados pelos munícipes, por meio de solicitações à Central SP 156 e por levantamento dos setores técnicos.

Ao longo dos seis primeiros meses de 2020 também foram construídos ou reformados 560 metros de galerias que ajudam no escoamento de água das chuvas e previnem alagamentos e enchentes, como explica o encarregado de equipe de manutenção de galerias, Sebastião Donizete Costa.

“Instalamos as tubulações para drenar toda água que pode correr pelas sarjetas e ajudamos, assim, a fazer a escoamento delas para que não danifiquem as ruas”, conta.

No mesmo período, mais de 53.121 toneladas de resíduos foram recolhidas de pontos viciados de descarte de lixo. Trabalho que é feito três vezes ao dia em pontos mais críticos.

“Fazemos toda a limpeza dos locais, recolhendo entulho e até lixo domiciliar. O serviço precisa ser feito nos três turnos para garantir que a cidade fique limpa e atrativa para a população e visitantes”, conta o coordenador operacional da equipe de limpeza de pontos viciados, Paulo Fernando dos Santos.  

Os serviços também são realizados para garantir mais verde na cidade. O semestre foi de muito trabalho para as equipes de conservação de áreas verdes, que foram responsáveis por construir mais de 5 mil metros quadrados de jardins de chuva e plantar mudas ornamentais e frutíferas em 11 mil metros quadrados de canteiros e praças da região central.

O biólogo Rodrigo Silva, responsável por uma das equipes de manutenção nos jardins de chuva, cuida dos poços de infiltração necessários para as plantas. “Os pontos são escavados para abrir os poços de infiltração para facilitar a entrada da água da chuva e fazer uma irrigação sem custos e permanente dos canteiros, contribuindo para evitar alagamentos e deixar a cidade mais bela e agradável”, afirma.

Solicitação

Os serviços de zeladoria podem ser solicitados pelos canais da Central SP156. Ligando 156 de telefones fixos e celulares, acessando https://sp156.prefeitura.sp.gov.br/portal/servicos ou  por meio do aplicativo disponível nas plataformas Android e IOS.

Subprefeituras

Desde 2002, com a aprovação da lei 13.399, a cidade de São Paulo passou a contar com as Subprefeituras.

As 32 Subprefeituras são “pequenos municípios” e têm o papel de receber pedidos e reclamações da população, e solucionar os problemas apontados, criando um canal mais próximo da administração municipal com a população de cada região. Elas cuidam da manutenção do sistema viário, da rede de drenagem, limpeza urbana, vigilância sanitária e epidemiológica, entre outras responsabilidades.

Ações do documento