Notícias

Educação municipal adere ao Programa de Bolsas de Iniciação à Docência e ao Programa de Residência Pedagógica

Unidades Educacionais de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio podem fazer inscrição em um ou ambos os programas

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, aderiu ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e ao Programa de Residência Pedagógica. Estas propostas são ações da Política Nacional de Formação de Professores do Ministério da Educação (MEC), por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Como funciona?

As universidades interessadas apresentam projetos institucionais em estreita articulação com a proposta pedagógica da Rede Municipal de Ensino e, se forem selecionadas, dão início às atividades com as escolas que entrarem em contato e aceitarem participar.

Quais unidades educacionais podem participar?

Qualquer unidade educacional pode participar, seja da Educação Infantil, do Ensino Fundamental ou Ensino Médio, desde que haja interesse recíproco entre a escola e a Instituição de Ensino Superior (IES), cadastrada pela CAPES.

Quais Instituições de Ensino Superior de São Paulo estão participando?

Universidade Cruzeiro do Sul

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

Faculdade Paulista de Artes

Universidade de São Paulo

Centro Universitário Adventista de São Paulo

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)

Universidade Nove de Julho

Universidade Presbiteriana Mackenzie

Universidade Brasil

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Universidade Santo Amaro

Esses programas são para todas as áreas?

Não, cada IES foi habilitada para um determinado projeto. Sendo assim, existem propostas para as áreas de Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Portuguesa, Matemática, Química e Pedagogia.

Qual o prazo para habilitação das unidades educacionais?

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, iniciou o processo de habilitação em 8 de junho, mas não há término previsto no momento, de acordo com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Todas as unidades participarão desses programas?

Não, qualquer unidade educacional pode participar. Mas somente aquelas que estabelecerem parceria com alguma IES poderão integrar um ou ambos os programas.

Como fazer para ser habilitada?

A unidade educacional, por meio de sua Diretoria Regional de Educação (DRE), ou a IES com a qual estabelecer parceria, deverá contatar a Secretaria Municipal de Educação solicitando que seja habilitada, informando:

  • Nome da unidade educacional;
  • Número INEP;
  • Área(s) envolvida(s).

A DRE encaminhará à SME suas escolas interessadas, que serão cadastradas na plataforma CAPES.

Ressaltamos que compete à Secretaria Municipal de Educação apenas autorizar/habilitar a unidade educacional a participar dos programas nas áreas solicitadas. Todo e qualquer contato e procedimentos com relação as bolsas e aos projetos, são resolvidos diretamente entre a Direção da Unidade Educacional e a IES, que firmarão um acordo de parceria.

Ações do documento