Notícias

Coronavírus: serviços da Prefeitura para idosos recebem atenção especial

Funcionários receberam treinamento e orientações especiais sobre a situação de pandemia e como lidar no trabalho junto à população idosa atendida

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio de um trabalho integrado entre as secretarias municipais de Assistência e Desenvolvimento Social e da Saúde, informa que os profissionais que atuam nos serviços destinados a idosos na cidade de São Paulo receberam orientações sobre a situação epidemiológica e foram capacitados para cuidados no manejo clínico, biossegurança e recomendações técnicas preconizadas pelo Ministério da Saúde. Os serviços são higienizados constantemente, as janelas estão mantidas abertas e as camas foram remanejadas para que haja um metro de distância entre os conviventes.

As Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) dispõem de equipes da saúde compostas por um enfermeiro e um técnico de enfermagem. É importante destacar que, nos casos em que não seja possível realizar os cuidados nas unidades, os idosos são encaminhados aos serviços de saúde mais próximos.

O ILPI é oferecido para pessoas com 60 anos ou mais, de ambos os sexos, com diferentes necessidades e graus de dependência, que não dispõem de condições para permanecer na família. Mesmo que o objetivo principal do serviço de acolhimento aos idosos preconize a valorização das relações sociais e familiares, desde o último dia 14 de março todas as unidades municipais de acolhimento a pessoas acima dos 60 anos também suspenderam as visitas regulares, assim como as atividades coletivas. A medida foi tomada tendo em vista que a população idosa está mais suscetível ao contágio do vírus covid-19.

No total, o município dispõe de 127 serviços com 14.352 vagas para a população idosa, sendo sete Centros de Acolhida Especiais para Idosos em situação de rua, com 702 vagas; 14 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), com 480 vagas; 16 Centros Dia para Idosos, com 480 vagas; 88 Núcleos de Convivência de Idoso (NCI), com 12.110 vagas, 1 Centro de Referência da Cidadania do Idoso, com 400 vagas e 1 Serviço de Alimentação Domiciliar para pessoa idosa, com 180 vagas.

Os Núcleos de Convivência de Idosos (NCIs) suspenderam todas as atividades coletivas e permaneceram abertos para receber os atendidos que eventualmente não tenham como ficar em casa. Os que comparecem ao serviço deverão ser orientados quanto às questões de higiene. Para que não haja isolamento social, as visitas domiciliares dos NCIs foram mantidas, com os visitantes usando máscaras, luvas e mantendo hábitos de higiene e orientando os idosos quanto aos mesmos. Os Centros Dia para Idoso devem manter o funcionamento, ficando suspensas todas as atividades coletivas.

Ações do documento

Vídeos

SPlica - Atendimento no Cate

Ver agenda completa