Notícias

Clima: Terça-feira (23) será mais um dia típico de verão

Temperatura máxima chega aos 31°C

De Secretaria Especial de Comunicação

A terça-feira (23) iniciou com uma madrugada de céu nublado e termômetros com média de 17,7°C, de acordo com os dados observados nas estações meteorológicas automáticas do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), da Prefeitura de São Paulo.

Hoje será mais um dia típico de verão com pouca cobertura de nuvens, predomínio de sol e baixa umidade do ar. A temperatura máxima chega aos 31°C com percentuais de unidade do ar próximos dos 40%.

O dia deve terminar com aumento de nebulosidade entre o fim da tarde e o início da noite e sem previsão de chuvas significativas para a capital paulista.

 

Tendência para os próximos dias:
As simulações atmosféricas mais recentes dos modelos de previsão indicam volumes expressivos de chuva entre a quarta-feira (24) e a sexta-feira (26), por conta da atuação de uma frente fria sobre o oceano e a formação uma área de baixa pressão atmosférica posicionada no litoral do sudeste. Essa condição meteorológica deve intensificar os volumes de precipitação nos últimos dias de fevereiro. 

A quarta-feira (24) deve começar com céu nublado e temperatura média na casa dos 20°C durante a madrugada. O amanhecer será com sol entre poucas nuvens, o que favorece a rápida elevação das temperaturas com máxima prevista de 29°C e índices mínimos de unidade do ar próximos dos 42%. Entre o fim da tarde e o início da noite, o calor, associado com a aproximação de uma frente fria pelo oceano gera nuvens carregadas que devem provocar chuva na forma de pancadas com intensidade moderada a forte em alguns momentos. Portanto, há risco de formação de alagamentos e quedas de árvores em decorrência de eventuais rajadas de ventos.

Na quinta-feira (25) o cenário atmosférico será de tempo instável a partir da tarde, que se prolonga para o período da noite e madrugada de sexta-feira (26). São esperadas chuvas fortes acompanhadas de descargas atmosféricas (raios) e rajadas de vento, o que favorece a condição para quedas de árvores, formação de alagamentos e transbordamentos de rios e córregos da Capital e cidades vizinhas da Grande São Paulo. A temperatura máxima diminui um pouco e a máxima deve chegar apenas aos 27°C, enquanto as taxas de umidade do ar variam entre 45% e 95%.

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - A esperança em forma de vacina