Notícias

Clima: tempo seco e quente permanece em São Paulo

Propagação de uma frente fria fraca pelo oceano deve amenizar um pouco o tempo seco e o calor no final da semana. Dados são do CGE da Prefeitura.

De Secretaria Especial de Comunicação

O predomínio de sol provocou a rápida elevação das temperaturas na capital paulista. De acordo com as estações meteorológicas do CGE da Prefeitura de São Paulo, os termômetros registram 31,1ºC, enquanto os menores índices de umidade do ar começam a se aproximar dos 30% neste final de manhã de quarta-feira.

No decorrer da tarde as máximas podem superar os 34ºC e a umidade relativa do ar deve atingir valores críticos, abaixo dos 30%. Alerta-se que o tempo seco e estável dificulta a dispersão de poluentes e favorece a formação de queimadas, o que prejudica a qualidade do ar nos grandes centros urbanos. No final do dia a chegada da brisa marítima ajuda a melhorar um pouco os índices de umidade, mas não há condições para chuva.

TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:

O bloqueio atmosférico, provocado pela massa de ar seco que predomina sobre o interior do país, impede que os sistemas frontais cheguem ao litoral paulista com força para provocar chuvas generalizadas. Entretanto, a propagação de uma frente fria fraca pelo oceano deve amenizar um pouco o tempo seco e o calor no final da semana.

A quinta-feira (12) segue com sol e calor para a época do ano. Os termômetros variam entre mínimas de 18ºC e máximas podem superar os 33ºC. No final do dia uma frente fria de fraca atividade se propaga afastada da costa, provocando mais nebulosidade e rajadas de vento do que chuva na Grande São Paulo.

Na sexta-feira (13) os ventos úmidos que passam a soprar do oceano causam nebulosidade e chuviscos, principalmente durante a madrugada e no período da noite. O sol pode aparecer entre muitas nuvens, mas as temperaturas não sobem muito, variando entre mínimas de 16°C e máximas de 24°C.

Ações do documento

Vídeos

SPLICA - Transferência de Multas

Ver agenda completa