Notícias

Cidade Solidária recebe doação de mais de 7,5 toneladas de alimentos

Mais de 1.100 itens de higiene e limpeza também foram entregues nesta quinta-feira (7) pela iniciativa privada. Ação contribui para atender mais famílias carentes na cidade

De Secretaria Especial de Comunicação

Na manhã desta quinta-feira (07), o programa Cidade Solidária recebeu a doação de 7,7 toneladas de alimentos e mais de 1.100 itens de limpeza e higiene. Os produtos foram entregues por empresas na Biblioteca Mário de Andrade e Centro Cultural Santo Amaro, dois dos nove pontos de coleta do programa. A Cidade Solidária é uma ação de voluntariado que une a Prefeitura de São Paulo e entidades da sociedade civil para criação de uma grande rede de solidariedade. 

Na Biblioteca Mário de Andrade, situada na região central, foram doadas 6,7 toneladas de alimentos, presentes em 600 cestas básicas, pelas empresas Grupo Laces and Hair, Lu MakeUp e Espaço Laser, por meio do Movimento Estima. Já no Centro Cultural Santo Amaro, após nova campanha de arrecadação, a Bier & Wein e a Cervejaria Paulistânia entregaram mais de 1000 kg de alimentos e mais de 1.100 itens de higiene e limpeza. Em abril, as empresas já haviam colaborado com o programa. Saiba mais aqui.

 Desde 7 de abril, quando foi lançada a Ação Cidade Solidária, a Prefeitura já entregou mais de 120 mil cestas básicas, kits de higiene e kits de limpeza para pessoas em situação de vulnerabilidade na cidade. 

 Quantias significativas de doações, seja no âmbito do programa Cidade Solidária ou não, foram feitas por pessoas físicas, grandes empresas, entidades da sociedade civil e até por outras nações. E para ampliar a rede de recebimento de itens, a partir desta semana os Drive-Thrus Cidade Solidária passaram a funcionar todos os dias, das 10h às 17h. Confira os endereços e demais informações no site. 

 Os mantimentos são encaminhamos à sede da Cruz Vermelha Brasileira, parceira da Prefeitura, onde são preparados os kits para envio às comunidades. As doações são encaminhadas a um grupo vulnerável enquadrado na Estratégia Saúde da Família e já inscrito nas bases de cadastros assistenciais do município, isto é, idosos, pessoas com doenças pré-existentes, indivíduos com deficiência e famílias de baixa renda. 

 A sociedade civil é parceira do programa e está ajudando de forma voluntária com as entregas para quem mais precisa neste momento. Qualquer entidade está convidada a contribuir com essa ação de voluntariado. 

 Saiba mais em https://www.spcidadesolidaria.org/ ou ligue 156 

Ações do documento