Notícias

Cidade Solidária entrega mil cestas básicas a famílias vulneráveis de Heliópolis

Moradores também receberam orientações preventivas sobre o Covid-19, produtos de higiene e de proteção, além de vacinação contra a influenza. Ação semelhante também ocorreu na Brasilândia.

De Secretaria Especial de Comunicação

O programa Cidade Solidária entregou mil cestas básicas a famílias vulneráveis da região de Heliópolis, na Zona Sul. Os moradores da maior comunidade da capital receberam, junto com os mantimentos, orientações preventivas sobre a covid-19, álcool em gel e máscaras de proteção. Foi também uma oportunidade para as pessoas colocarem a vacinação em dia. A entrega das cestas ocorreu na manhã desta quarta-feira (8).

Na Zona Norte, famílias da região da Brasilândia também foram atendidas hoje com 300 cestas básicas, acompanhadas de todo suporte necessário das equipes da saúde da Prefeitura.

Vacinas

O programa Cidade Solidária, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tem oferecido orientações, disponibilizado equipamentos de proteção e aplicado vacinas contra a Influenza à população de diversas regiões da cidade. Desde o início da pandemia até o dia 26 de junho, foram 10.439 ações nas comunidades da cidade, totalizando mais de 1,5 milhão de abordagens com visitas e orientações. Somente em junho foram realizadas pelas equipes de Atenção Básica 5.043 ações comunitárias, alcançando 497.954 pessoas.

O programa é um esforço entre a Prefeitura de São Paulo, grandes empresas e sociedade civil para o atendimento a famílias em situação de vulnerabilidade durante a pandemia de coronavírus. Desde 7 de abril, a ação de voluntariado já distribuiu mais de 925 mil cestas básicas a diversas comunidades da cidade.

Apesar do grande número de cestas entregues, muitas famílias em situação de precariedade ainda precisam de ajuda. Neste sentido, para que o programa Cidade Solidária possa manter ou até mesmo ampliar as doações, é imprescindível que as empresas e a população continuem colaborando.

Não faltam opções para manifestar a solidariedade. Cestas básicas e/ou kits de higiene e limpeza podem ser entregues em qualquer um dos nove pontos de Drive-Thru Solidário do programa, portanto, sem a necessidade de sair do carro.

Outra opção é doar mantimentos no sistema de transporte da cidade e até da Grande São Paulo. São diversas estações de Metrô e terminais metropolitanos de ônibus, ambos do Governo do Estado. Todos os pontos de coleta, sejam da rede de transporte ou de Drive-Thru Solidário, estão listados no site https://www.spcidadesolidaria.org/

Empresas, entidades ou até mesmo pessoas físicas interessadas em oferecer grandes quantidades de cestas ou alguns dos itens solicitados também podem procurar à Prefeitura por meio do portal 156 ou do e-mail contato@spcidadesolidaria.org. Todas as empresas parceiras do programa se encontram no site.

Como funciona o programa Cidade Solidária?
A situação de vulnerabilidade social na capital paulista atinge muitos paulistanos. Considerando a situação de pandemia, a Prefeitura lançou diversos projetos para minimizar essa situação. Entre eles, o Cidade Solidária, um programa que convida a população a doar alimentos e itens de limpeza e higiene para pessoas que se encontram em situação de precariedade.

Os mantimentos são encaminhados à sede da Cruz Vermelha Brasileira, parceira da Prefeitura, onde são preparados os kits para envio às comunidades. A sociedade civil é parceira do programa e está ajudando de forma voluntária com as entregas para quem mais precisa neste momento. Qualquer entidade está convidada a participar desta rede de solidariedade.

O objetivo do programa não é ser apenas um canal de distribuição de cestas básicas, mas sim, atender de forma pontual e exclusiva à população vulnerável que integra os cadastros do poder público e de entidades da sociedade civil (organizações de bairro) que aderiram à ação de voluntariado. Famílias com idosos, pessoas com doenças pré-existentes, pessoas com deficiência e famílias de baixa renda, e/ou famílias que moram em territórios extremamente vulneráveis, todas mapeadas e identificadas pelo Município, fazem parte da rede de atendimento.

Site do programa: https://www.spcidadesolidaria.org/

Ações do documento