Notícias

Cate atende mais de 600 pessoas no primeiro dia de solicitação de seguro-desemprego e auxílio emergencial

Além do telefone 156, população pode agendar atendimento pela internet; atendimento só será realizado para pessoas que fizerem o agendamento

De Secretaria Especial de Comunicação

O primeiro dia de atendimento nas nove unidades dos Cates da Prefeitura de São Paulo voltado àqueles que estão com dificuldade para habilitar o seguro-desemprego e também acessar o auxílio emergencial do governo federal terminou nesta quarta-feira (29/04) com mais de 600 pessoas atendidas.

Para evitar aglomerações, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho definiu que o atendimento da população só será realizado para pessoas que fizerem o agendamento pelo telefone 156. Com o aumento de 600% no volume de ligações no começo do dia, a Secretaria de Inovação e Tecnologia disponibilizou o agendamento on-line. O acesso deve ser feito via Portal SP156.

“Só nesta quarta-feira mais de 4 mil pessoas se cadastraram para serem atendidas pelo Cate nos próximos dias, além daquelas pessoas que, com as instruções dos atendentes, conseguiram habilitar o seguro-desemprego ou se cadastrar para receber o auxílio emergencial do governo federal. Para dividir o fluxo de atendimento, agora a população poderá fazer o agendamento diretamente online escolhendo a unidade mais próxima de casa e o horário que for melhor”, informa a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Acessando a página principal do Portal SP156 no endereço https://sp156.prefeitura.sp.gov.br, um pop-up aparece com os serviços públicos voltados ao enfrentamento da pandemia do coronavírus. Clicando na segunda opção disponível, o usuário acessa diretamente a página com todas as informações sobre o auxílio emergencial e seguro-desemprego e o link para ser direcionado para agendar eletronicamente o atendimento nas unidades do Cate.

“Identificamos que boa parte das pessoas que procuraram o serviço de agendamento via Central SP156 têm acesso à internet, porém estão com dúvidas e necessitam de alguma orientação. Por isso, adaptamos a estrutura de agendamento eletrônico para atender a essa demanda, ampliando a disponibilização do serviço para a população”, destaca o secretário de Inovação e Tecnologia, Juan Quirós.

O telefone 156 continua recebendo as ligações para agendar o atendimento no Cate. Para facilitar o acesso, ao entrar a gravação é necessário teclar as opções 0-4-4-2 do ambiente eletrônico.

Tem direito ao benefício do seguro-desemprego o trabalhador formal e doméstico, dispensado sem justa causa. O trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador também tem direito.

Já para ter direito ao auxílio emergencial do governo federal, será avaliada a renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa, e de até três salários mínimos por família. Podem receber os desempregados, trabalhadores informais, MEI – Microempreendedores Individuais, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais e contribuinte individual ou facultativo da Previdência Social.

Documentos a serem apresentados nas unidades do Cate:

Para quem agendou serviços de Seguro Desemprego:

Para o Trabalhador Doméstico:

1. Documento de Identificação com foto (original ou cópia autenticada)

2. Número do CPF - Cadastro de Pessoa Física;

3. Carteira de Trabalho, com a anotação do contrato de trabalho (versão em papel ou versão digital);

4. Cartão do PIS (Programa de Integração Social), extrato atualizado ou Cartão Cidadão;

5. Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT), devidamente acompanhado do Termo de Quitação ou de Homologação.

Para o Trabalhador Formal:

1. Documento de Identificação com foto (original ou cópia autenticada)

2. Número do CPF - Cadastro de Pessoa Física;

3. Carteira de Trabalho, com a anotação do contrato de trabalho (versão em papel ou versão digital);

4. Cartão do PIS (Programa de Integração Social), extrato atualizado ou Cartão Cidadão;

5. Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT), devidamente acompanhado do Termo de Quitação ou de Homologação.

6. Documento de levantamento dos depósitos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), ou comprovante de saque do FGTS;

7. Requerimento do Seguro-Desemprego (em duas vias, emitido pela empresa, pelo aplicativo Empregador Web)

Para quem agendou a solicitação do Auxílio Emergencial:

1. Documento de Identificação com foto;

2. Número do CPF;

3. Aparelho de celular com numero ativo para recebimento do código de validação.

4. Caso não seja o único solicitante de seu grupo familiar, apresentar também o número de CPF e data de nascimento das pessoas que compõem seu grupo familiar

Unidades do Cate com atendimento emergencial, das 8h às 17h

Zona Norte
Cate Brasilândia - Av. João Marcelino Branco, 95
Cate Jaçanã - Rua Luis Stamatis, 300
Cate Perus - Rua Ylídio Figueiredo, 349

Zona Sul
Cate Cidade Ademar - Av. Yervant Kissajikian, 416
Cate Interlagos - Av. Interlagos, 6122

Zona Leste
Cate Cidade Tiradentes - Rua Milagre dos Peixes, 357
Cate Itaquera - Rua Augusto Carlos Bauman, 851
Cate Sapopemba - Av. Sapopemba, 9064

Zona Oeste
Cate Butantã - Rua Doutor Ulpiano da Costa Manso, 201

Internet

Seguro-Desemprego
https://www.gov.br/pt-br/servicos/solicitar-o-seguro-desemprego

Auxilio Emergencial do Governo Federal
https://auxilio.caixa.gov.br/

Ações do documento

Vídeos

SPlica - Atendimento no Cate

Ver agenda completa