Notícias

Aumenta coleta seletiva de lixo na capital durante a quarentena

Por outro lado, a coleta de resíduos comuns apresentou queda no mesmo período

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), informa que levantamento feito, referente aos primeiros 17 dias do mês de maio, aponta uma queda de aproximadamente 34% nos dados de varrição, em decorrência do menor volume de resíduos nas ruas, 13% na coleta comum e aumento de 11% na coleta seletiva. Esses números podem estar ligados a uma maior adesão dos paulistanos à reciclagem, assim como a uma menor geração de resíduos nas ruas durante o período de quarentena devido ao coronavírus.

Estima-se que as reduções também se devam ao fechamento temporário de serviços presenciais não essenciais no município. Por outro lado, a coleta seletiva chegou a crescer mais 11% nesse período, em relação ao mesmo período do ano anterior, correspondente a 394 toneladas a mais. 

Durante o período de quarentena em São Paulo, os dados de coleta seletiva apresentaram um aumento. Em abril, por exemplo, a coleta seletiva aumentou em 23%. Esse crescimento é muito positivo para a capital e atribuído, não somente ao período de isolamento social, mas também às ações de educação ambiental que são trabalhadas constantemente, como o movimento Recicla Sampa.

Vale ressaltar que nesse período de isolamento social, 900 famílias de cooperados, pertencentes às 25 cooperativas habilitadas pela Amlurb, estão recebendo auxílio de 1,2 mil reais por estarem temporariamente afastadas. Cerca de 1.400 catadores autônomos que participaram dos cursos da Amlurb, também estão sendo beneficiados com um auxílio de 600 reais.

Outras ações

Com o objetivo de orientar a população sobre a importância de descartar corretamente o lixo, desde o começo de abril, parte dos caminhões de coleta domiciliar está reproduzindo avisos sonoros com orientações sobre o descarte seguro do lixo. A medida educativa busca reforçar os cuidados com os sacos de lixo para evitar que os coletores tenham contato com possíveis resíduos contaminados, além de conscientizar a população sobre a importância de higienizar as mãos em meio à pandemia do novo coronavírus.

Ações do documento