Notícias

Aplicativo e-saúdeSP oferece teletriagem para munícipes com suspeitas de covid-19

Ferramenta possibilita o atendimento à distância para pacientes com dúvidas

De Secretaria Especial de Comunicação

Pacientes que tiverem algum dos sintomas da covid-19 como febre, tosse, dores no corpo, coriza, dor de garganta e dificuldade para respirar, podem recorrer à tecnologia para receber orientações antes de irem a uma unidade de saúde.

O aplicativo e-SaúdeSP, disponibilizado pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), é um auxílio no combate à pandemia de covid-19 na capital paulista. A ferramenta está disponível para dispositivos Android, IOS e em versão web. Para acessar os dados, basta fazer o cadastro e criar uma senha.

Pelo aplicativo e-SaúdeSP o munícipe tem acesso ao @covid, que faz o acolhimento de pacientes com suspeitas ou dúvidas sobre a doença. Nela, o usuário aponta seus sintomas e as respostas são analisadas por médicos e enfermeiros. O cidadão recebe de volta mensagem sobre a sua situação de saúde e orientações permitindo, ainda, a realização de uma teleconsulta com profissional de saúde, se indicado.

No caso de uma teleconsulta, o paciente será atendido remotamente por um médico ou enfermeiro e poderá receber orientações complementares, como uma receita médica (enviada diretamente pela plataforma) ou ser encaminhado a uma unidade de saúde para avaliação presencial. Neste caso, a central da covid-19 monitora a trajetória da pessoa até a unidade.

O e-saúdeSP é um sistema de integração de dados clínicos e informações de saúde geradas pelos serviços da Rede Municipal de Atenção à Saúde.

Sintomas da Covid-19

- Febre;
- Dificuldade para respirar, tosse, dor de garganta e congestão nasal;
- Mudança no olfato ou paladar;
- Dores no corpo, cansaço, coriza, e eventualmente diarreia;
- Na evolução para formas mais graves pode ocorrer maior dificuldade para respirar, cansaço, lábios ou dedos arroxeados.

Orientações

- Ao sair de casa, use máscara (pode ser de pano, feita em casa);
- Utilize lenços descartáveis e jogue-os no lixo após o uso;
- Cubra sempre o nariz e a boca ao tossir ou espirrar;
- Lave as mãos frequentemente com água e sabão ou utilize álcool gel 70%;
- Evite aglomerações ou locais pouco arejados;
- Evite tocar olhos, nariz e boca;
- Não compartilhe objetos de uso pessoal.

 

Leia também:
Coronavírus: Confira as principais notícias publicadas no site da Prefeitura

Ações do documento