Notícias

Alô Mãe convoca crianças até 6 anos para vacinação contra Influenza

Além de imunizações, neste serviço da Prefeitura gestantes e puérperas podem esclarecer dúvidas sobre a covid-19, de segunda a sábado

De Secretaria Especial de Comunicação

Obter informações sobre prevenção, saúde e tirar dúvidas com os profissionais da área podem ser feitas pelo Programa Alô Mãe oferecido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. Além das chamadas proativas para acompanhamento dos casos, o programa tem o número 0800-200-0202 para o contato espontâneo das munícipes com esse canal de atendimento aberto para receber avaliações e pedidos de apoio. A vacinação de bebês, mais especificamente nesta terceira etapa da imunização contra a Influenza, também está sendo abordada com as mães por telefone.

"Em todos os monitoramentos os enfermeiros orientam sobre a importância das vacinas. Durante as campanhas, salientamos a necessidade da adesão, locais e cuidados após a aplicação", destaca a coordenadora do programa Alô Mãe, Alessandra Vecchio.

Alessandra explica que as mulheres também encontram neste serviço as informações sobre consultas, entre outros serviços. 

" Entre as principais questões estão o fluxo de atendimento nas unidades básicas de saúde e estabelecimentos de alto risco, em especial sobre as consultas de rotina do pré-natal e da criança; calendário de vacinas; sinais e sintomas; testes; estabelecimento para avaliação médica em casos suspeitos da covid-19; acompanhante durante o pré-parto, parto e pós-parto; gestantes hipertensas e diabéticas; afastamento do trabalho; atestados médicos e leis trabalhistas”, explica.

Neste momento de pandemia, os enfermeiros orientam as pacientes sobre as medidas para evitar o contágio da covid-19. Nos monitoramentos específicos para as gestantes, os profissionais realizam e registram no sistema as seguintes perguntas:

• O problema da covid–19 tem afetado a frequência às consultas pré-natal?

• Teve contato com alguém diagnosticado com covid-19 ou com suspeita?

• O acompanhamento continua no mesmo ambulatório?

• Gestante/puérpera orientada sobre as precauções, conforme o protocolo?

• Continua em acompanhamento do pré-natal de alto risco?

• A gestante está apresentando sintomas da covid-19?

No contato telefônico com a gestante, o enfermeiro procura saber sobre a frequência no pré-natal, exames realizados, intercorrências e dificuldades. "Os problemas detectados são comunicados aos responsáveis pela Atenção Básica e Supervisão Técnica de Saúde. Quando a gestante ou puérpera apresenta queixas ou dificuldades, ela recebe retorno para orientação e apoio", esclarece a coordenadora do programa.

O Alô Mãe também está nessas plataformas:

Chat no portal Alô Mãe

Facebook do Alô Mãe

Instagram do Alô Mãe

Para saber qual a UBS mais próxima de sua residência, acesse o Busca Saúde

Sobre a vacinação e a gripe Influenza

A terceira fase da campanha de vacinação contra a gripe (Influenza/ H1N1) começou nesta segunda-feira (11) nas 468 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital e atenderá ao grupo prioritário composto por crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas até 45 dias e pessoas com deficiência.

Essa vacina não protege contra o novo coronavírus, mas auxilia os profissionais de saúde no diagnóstico da covid-19, ao descartarem os outros tipos de gripe na triagem, pelo histórico vacinal. A falta de proteção contra uma doença com alto contágio gera uma série de dúvidas e preocupações das gestantes e mães. em Desde o início da pandemia, a central de orientação incluiu na abordagem dicas de prevenção da covid-19.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, também organiza através das visitas feitas pelas equipes de Estratégias Saúde da Família (ESF), a vacinação extramuros e em domicílio para os casos prioritários como as pessoas com deficiência, que serão contempladas na terceira etapa da campanha.

A influenza é uma doença infecciosa febril aguda, com maior risco de complicações em alguns grupos vulneráveis, que pode evoluir para formas mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e até a morte. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), reitera que os profissionais que atuam na campanha estão realizando uma triagem antes da vacinação, orientando quanto às precauções e, principalmente, identificando sintomáticos respiratórios para que seja oferecida a máscara cirúrgica e o seu atendimento, priorizado.

Sobre o Alô Mãe

Criado em maio de 2012, o programa Alô Mãe conecta as mães e suas famílias a uma equipe de enfermeiros especializados, que passam orientações relacionadas ao pré -natal, parto, cuidados com a criança e emergências, atuando na promoção e prevenção da saúde.

O acompanhamento das gestantes e puérperes acontece por meio de uma central de teleatendimento, dirigido sobretudo para pacientes que apresentam fatores de risco e que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS).

Na inscrição, o programa identifica os casos que necessitam de monitoramento individualizado e define um plano de acompanhamento conforme a complexidade, com contatos semanais, mensais ou mais frequentes.

Leia também:

Coronavírus: Confira as principais notícias publicadas no site da Prefeitura

Ações do documento