Notícias

Alimentação saudável é aliada do sistema imunológico

Nessa quarentena, uma boa dica é mudar hábitos, aproveitar o tempo em casa para preparar o próprio cardápio ou fazer melhores escolhas na hora das compras para garantir a saúde na prevenção da covid-19

De Secretaria Especial de Comunicação

O bom funcionamento do sistema imunológico tem relação direta com ao que comemos. Uma alimentação saudável faz a diferença na prevenção e no tratamento de inúmeras doenças.

Com a chegada da pandemia por coronavírus, muito se falou sobre alimentos que pudessem auxiliar no fortalecimento da imunidade, sobretudo nas internet, onde é preciso verificar a fonte e a veracidade dos conteúdos. Com saúde não se brinca, então alimentos, chás, suplementos e outros compostos indicados como capazes de prevenir ou combater a covid-19 não existem. Não há, até o momento, protocolos técnicos nem evidências científicas que sustentem alegações nutricionais milagrosas.

Porém, garantir a melhora da imunidade por uma alimentação saudável é indicada pelos médicos, mesmo sem uma crise pandêmica. A ingestão de comida saudável e da maneira correta vale e muito para a saúde.

As dicas estão aqui e são da área técnica de Saúde Nutricional. Confira como melhorar sua na alimentação na pandemia, aproveitando inclusive esse período no qual ficar em casa é a principal recomendação de médicos, autoridades da saúde pública e com base nas experiências em outros países afetados pelo coronavírus.

Na hora de comer:

  • Adotar uma alimentação saudável é fazer um prato bem colorido por vegetais e outros produtos naturais e minimamente processados;
  • Estabelecer rotina e horários para alimentação, evitando pular refeições;
  • Priorizar a ingestão de frutas, verduras e legumes;
  • Para temperar os alimentos, utilizar ervas e condimentos naturais, em vez dos processados;
  • Beber no mínimo 2 litros de água por dia;
  • Utilizar sal, gorduras, açúcar e óleo em pequena quantidade;
  • Evitar alimentos ultraprocessados (salgadinhos, refrigerantes, sucos artificiais, macarrão instantâneo, bolachas, embutidos, etc.);
  • Aproveitar o período de isolamento para colocar em prática habilidades culinárias, o que também contribui para a saúde mental, cozinhar pode ser uma ótima terapia.
  • Assim como as mãos, os alimentos precisam de uma higienização minuciosa e completa, já que a comida também pode estar contaminada. Mas nada que água e sabão não resolvam. Lave as mãos com água e sabão, por no mínimo, 20 segundos, antes de cada refeição;
  • Ao voltar do supermercado ou ao receber suas compras, higienizar com água e sabão, álcool 70% ou solução clorada, todas as embalagens dos produtos antes de guardá-los;
  • Higienizar corretamente os utensílios, equipamentos, superfícies e ambientes onde as refeições são preparadas;
  • Higienizar corretamente frutas, verduras e legumes, principalmente aqueles que serão consumidos crus, deixando-os de molho em solução de água com hipoclorito de sódio durante 15 minutos ou conforme instruções do fabricante.

 

Leia também:
Coronavírus: Confira as principais notícias publicadas no site da Prefeitura

Ações do documento

Vídeos

SPlica - Atendimento no Cate

Ver agenda completa